João Pessoa
Feed de Notícias

Mais de 200 policiais farão a segurança do jogo entre Botafogo e Sport

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 - 12:34 - Fotos:  Werneck Moreno

A Polícia Militar da Paraíba montou esquema especial de segurança para a realização do jogo entre Botafogo e Sport Recife, no próximo domingo (19), no estádio Almeidão, na Capital. Na partida, que acontece pela primeira rodada da Copa do Nordeste 2014, serão empregados 230 policiais nas diversas modalidades de policiamento a pé, a cavalo, sobre motos e carros.

Conforme o comandante do Policiamento Regional Metropolitano (CPRM), coronel Jefferson Pereira, a segurança será reforçada tanto dentro quanto fora do estádio. No campo, o Canil será colocado para evitar invasões, enquanto nas arquibancadas o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e a Cavalaria farão a segurança. O primeiro vai cuidar do isolamento das duas torcidas e a Cavalaria vai garantir o bloqueio das áreas que estão interditadas devido a reforma do estádio.

Teremos dois oficiais comandando a segurança do jogo: o major Carlos Senna, que coordenará o policiamento dentro do estádio, e o tenente coronel Anchieta Leite, que ficará responsável pelo patrulhamento nos arredores do Almeidão”, detalhou Jefferson, ao acrescentar que a polícia também fará a escolta dos ônibus que trarão a torcida do time visitante. “A informação é que serão dez ônibus e a PM está preparada para escoltá-los e evitar possíveis transtornos”, completou.

A corporação ainda usará câmeras focando os torcedores dentro e fora do Almeidão para auxiliar na identificação de suspeitos, além do emprego do policiamento velado, que são policiais militares sem fardamento colocados entre o público. “Quem apresentar comportamento suspeito será abordado e revistado”, garantiu Jefferson.

Restrições – Conforme definição do Ministério Público da Paraíba, com consentimento da Polícia Militar, será proibida a entrada de torcedores no estádio com camisas ou outros objetos que identifiquem torcidas organizadas. Bandeiras com hastes de qualquer material ou com frases pejorativas também serão barradas. Por segurança, os torcedores não poderão levar instrumentos de percussão ou qualquer outro item que possa causar atos de violência.

A Polícia Militar pede que todos possam respeitar as regras e estejam irmanados em realizar um espetáculo que sirva de exemplo para outros Estados do país, neste ano de Copa do Mundo. A Polícia está pronta para coibir qualquer excesso, mas confia no trabalho de prevenção e de conscientização dos torcedores”, comentou o comandante do Policiamento Regional Metropolitano, coronel Jefferson.