João Pessoa
Feed de Notícias

Mais 10 pacientes serão transferidos para o novo Trauma em Campina

segunda-feira, 13 de junho de 2011 - 12:37 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

Serão transferidos para o novo Hospital do Trauma de Campina Grande nesta terça-feira (14), os 10 pacientes que foram retirados no último sábado (11) da UTI do Hospital Regional para leitos alocados na UTI do Hospital Dom Pedro I.

De acordo com o diretor técnico do Hospital de Trauma, Flawber Cruz, a ativação das alas do novo hospital está acontecendo na medida em que esses setores vão ficando em condições perfeitas de funcionamento.

No novo Trauma, além da parte administrativa, já funcionam os seguintes setores: ala da clínica médica, unidade de queimados e a pediatria. Atualmente na nova unidade estão internados 50 pacientes.

No antigo Regional funcionam ainda os pronto-atendimentos, centro cirúrgico, enfermaria cirúrgica, ortopedia, cozinha hospitalar, esterilização e a lavanderia.

Segundo Flawber, a transferência completa de pacientes e o funcionamento completo do novo Trauma ainda não ocorreram devido a não conclusão na instalação do sistema de gases naquele hospital.

O diretor informou que até o final deste a maior parte dos serviços estarão sendo realizados na nova unidade hospitalar. Dois setores estão em fase de conclusão, o centro cirúrgico e a cozinha hospitalar.

Referência – O Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande será uma referência no Nordeste. Na obra foram investidos R$ 100 milhões, sendo R$ 44,3 milhões na construção e R$ 55 milhões em equipamentos. A unidade terá capacidade de disponibilizar atendimento a 1,9 milhão de paraibanos (52% da população do Estado), incluindo Agreste, Borborema, Cariri e Sertão, totalizando 173 municípios.

O hospital dispõe de 242 leitos, sendo 30 de UTI (adulto, pediátrica e de queimados); área construída de 22 mil metros quadrados. O estacionamento tem capacidade para 516 vagas. Há ainda heliponto, clínica médica, clínica cirúrgica, clínica ortopédica e traumatológica, clínica pediátrica e traumatológica, além de clínicas especializadas em oftalmologia, otorrinolaringologia, neurologia e buco-maxilofacial, centro cirúrgico com seis salas, sala para pequenas intervenções cirúrgicas de emergência, centro de diagnóstico, laboratórios de hematologia, bioquímica, microbiologia, líquor e parasitologia/análise.