João Pessoa
Feed de Notícias

Maestro de filarmônica capixaba rege concerto desta quinta, que ainda tem duas solistas premiadas

terça-feira, 6 de abril de 2010 - 18:26 - Fotos: 

O terceiro concerto deste ano da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB) será uma noite de homenagens a três compositores consagrados da música clássica: Mozart, Weber e Fauré. O maestro convidado é Helder Trefzger, da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo (Ofes).

As composições serão executadas com as participações especiais de duas solistas: a coralista Isadora França e a clarinetista Aynara Siqueira. O concerto será nesta quinta-feira (8), a partir das 20h30, no cine-teatro Banguê do Espaço Cultural, dentro do projeto Quintas Musicais promovido pelo Governo do Estado, através da Fundação Espaço Cultural (Funesc) José Lins do Rego. A entrada é 1 quilo de alimento não perecível.

O concerto será aberto com uma ópera em italiano do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart, conhecida por ‘Idomeneo, Rei de Creta’. A ópera se passa na ilha de Creta, logo após a Guerra de Tróia. Voltando para casa ao final da Guerra de Tróia, um dos heróis dessa disputa, Idomeneu, rei de Creta, tem sua frota sacudida por um terrível vendaval em alto mar, que ameaça naufragar todos os seus navios.

Em seu terror, Idomeneu faz uma prece a Netuno, o ‘deus do mar’, prometendo a ele sacrificar a primeira pessoa que encontrar ao pisar em terra firme. Mas quem ele encontra é seu filho, Idamantes, que vem saudá-lo após a longa ausência. A execução dessa obra terá a participação da solista Izadora França.

Na sequência, o público vai ouvir um concerto composto para clarinetes. É o ‘Concerto para clarinete e orquestra nº. 1’, do alemão Carl Maria Friedrich Ernest von Weber. Interessado em novas sonoridades e combinações instrumentais, Weber tornou-se um dos maiores compositores do Ocidente.

Segundo o maestro Helder Trefzger, o compositor Weber dedicou essa peça a um amigo clarinetista. “Através dela, é possível conhecer o potencial do clarinete, seja na sonoridade ou virtuosidade. Nessa peça, o solista pode mostrar o potencial de todo seu trabalho”, afirmou o maestro. A solista dessa peça será a clarinetista Aynara Siqueira.

Encerrando a noite, a OSPB executa a composição do pianista francês G. Fauré, ‘Suíte Dolly’. Segundo Helder Trefzger, essa é uma peça feita para piano a quatro mãos. “Foi dedicada a uma aluna de Fauré, que era cantora”, explica o maestro. “Ela tinha uma filha cujo apelido era Dolly. A composição começa com uma cantiga de ninar, belíssima”, acrescentou.

Trefzger enfatiza que “ao juntar num único concerto compositores como Mozart, Weber e Fauré, que são três diferentes estilos, temos o melhor representativo da música clássica reunida numa única noite”.

Helder Trefzger – Maestro titular da Orquestra Filarmônica do Estado do Espírito Santo (Ofes) desde 1992, é bacharel em música-regência. Iniciou o curso na Universidade de Brasília (UnB) e o concluiu na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Atualmente é mestrando em Práticas Interpretativas – Regência, na UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob a orientação do maestro André Cardoso. Teve como principais professores o maestro e compositor Cláudio Santoro, além dos maestros David Machado e Roberto Duarte.

Izadora França – Natural de João Pessoa, iniciou estudos musicais aos 5 anos de idade. Participou das Orquestras Infanto-Juvenil da UFPB, Experimental e Sinfônica Jovem da Paraíba e Coro de Câmara Villa-Lobos, como soprano. Gravou vários CDs e atualmente é integrante da Orquestra de Câmara de João Pessoa, como chefe de naipe dos segundos violinos. É professora de violino da Escola de Música Anthenor Navarro.

Aynara Siqueira – Solista natural de Brasília. Iniciou os estudos musicais em 2002 como aluna de extensão da UFPB em clarinete. Clarinetista da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba desde 2003 e integra a Orquestra de Câmara de João Pessoa. Tem participado de diversas formações de grupos de câmara, entre eles, quinteto de sopros e duos com flauta e clarinete. Atualmente cursa o bacharelado em música na UFPB.

Da Assessoria de Imprensa da Fundação Espaço Cultural