João Pessoa
Feed de Notícias

Lula trata Maranhão como “meu amigo” na visita a transposição

quinta-feira, 15 de outubro de 2009 - 14:05 - Fotos: 
O entrosamento entre o governador José Maranhão (PMDB), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a ministra Dilma Rousseff ficou evidente durante a visita às obras do Eixo Leste, da transposição das águas do Rio São Francisco. Maranhão fez parte da comitiva do presidente nos dois dias da visita ao canteiro de obras localizado entre os municípios pernambucanos de Sertânia e Custódia, que se encerra nesta quinta-feira.

Maranhão circulou pela obra sempre ao lado de Lula e Dilma, conversou com os operários e foi o único governador presente à visita que concedeu entrevista à imprensa nacional, na noite da última quarta-feira (14), quando o presidente Lula visitou o canteiro de obras. Ele chegou a ser elogiado pela imprensa presente pela atenção dispensada aos jornalistas.

Nesta quinta-feira pela manhã, o governador paraibano teve conversas reservadas com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e com o senador Ciro Gomes, também do PSB. Ele saiu animado, mas disse que preferia não revelar o teor das conversas.

O governador não escondeu a satisfação ao ser elogiado pelo secretário geral do Ministério da Integração Nacional, João Santana, por ter conseguido “roubar” Francisco Sarmento, atual secretário de Recursos Hídricos da Paraíba, do governo federal. Segundo João Santana, Sarmento é um dos poucos que podem responder a qualquer pergunta sobre o projeto de transposição do São Francisco.

Ao subir no palanque, para o pronunciamento do presidente, o nome do governador José Maranhão foi o primeiro a ser citado por Lula, a quem chamou de “meu amigo Maranhão”. Ainda no palanque, Maranhão conversou reservadamente com a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma Farias.

Sony Lacerda, com fotos de Mano de Carvalho, da Secom