Fale Conosco

7 de outubro de 2011

Livro do Ministério da Saúde lançado na Paraíba traz perfil da incidência do câncer



Um mapa da incidência e da situação geográfica do câncer nas capitais. Isso é o que oferece a quarta edição do livro “Câncer no Brasil: dados dos registros de base populacional”, elaborado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Lançado na Paraíba com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde, o livro monitora os tipos de câncer e pode ajudar em estratégias de combate à doença.

O lançamento ocorreu no Hotel Ouro Branco, em João Pessoa, na noite dessa quinta-feira (6), a convite do Governo do Estado. Estiveram presentes a consultora do Comitê Editorial Executivo do Inca, Marceli de Oliveira Santos, a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Júlia Vaz, o promotor de Saúde, João Geraldo, a coordenadora do registro de câncer da Secretaria de Estado da Saúde, Ângela Pontes de Aquino, e a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, Gerlane Carvalho de Oliveira.

Após a solenidade, houve palestras que abordaram informações sobre o câncer. Estiveram presentes.

Mapa em capitais – A consultora do Inca, Marceli de Oliveira Santos, destacou que o livro faz um mapeamento do câncer em algumas capitais do Brasil. Com os dados foi possível traçar a incidência do câncer, o perfil de cada local, os tipos mais comuns em homens e mulheres de uma determinada região, além de observar o resultado das ações de combate à doença.

Para a coleta dos dados, o Ministério da Saúde e o Inca fizeram uma busca ativa nos laboratórios e hospitais responsáveis pelo diagnóstico e tratamento do câncer. “Esses dados determinam a incidência e a situação geográfica da doença e vão servir como base para estudos e pesquisas sobre a patologia”, explicou a coordenadora do Registro de Câncer de Base Populacional da Secretaria de Estado da Saúde, Ângela Pontes de Aquino.

Com 487 páginas, o livro traz 17 registros de câncer de várias capitais brasileiras, entre elas João Pessoa. Esses registros são as notificações de novos casos de câncer dentro do Sistema Informatizado para Registros de Câncer de Base Populacional (SisBasepop). A coordenadora do sistema pela SES, Ângela Pontes de Aquino, que integrou o Comitê Editorial Consultivo do livro e participou das pesquisas para a publicação, disse que as capitais que não participaram da publicação ainda não estão estruturadas e não possuem dados suficientes para publicação.

Ela avalia que o livro é de extrema importância para informar e tratar de uma doença que tem vitimado tantas pessoas. Ela destaca que o Governo do Estado está comprometido com ação de combate nessa área e ilustra esse compromisso com o anúncio do Centro Oncológico em Patos que será referência para o Sertão. O centro evitará que pessoas que moram na região precisem se deslocar a João Pessoa para se tratarem no Hospital Napoleão Laureano.