João Pessoa
Feed de Notícias

Lígia participa de abertura do I Seminário Paraibano sobre Ética, Educação e Cidadania

segunda-feira, 18 de julho de 2016 - 16:30 - Fotos:  Francisco França

A vice-governadora Lígia Feliciano participou, nesta segunda-feira (18), da solenidade de abertura do I Seminário Paraibano sobre Ética, Educação e Cidadania, organizado pela Secretaria de Educação do Estado, em parceria com o Ministério Público Estadual. O evento aconteceu no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em Tambauzinho, na Capital. Na oportunidade houve o lançamento do concurso “Curta Jovem: O Olhar Jovem sobre a Corrupção”, pelo secretário da Educação Aléssio Trindade.

O I Seminário Paraibano Sobre Ética, Educação E Cidadania surge a partir dos Ciclos de Debates das Escolas Cidadãs Integrais e Técnicas, por meio dos quais já foram discutidas várias temáticas, entre elas Empregabilidade; Relações Étnico-Raciais e Bullying. Durante essas discussões surgiu a Temática Corrupção como uma forte motivação para debate no contexto de Ensino Médio das escolas da rede estadual de ensino. O Seminário veio com o objetivo de realizar atividades didático/pedagógicas e de natureza sociocultural que promovam estudos, reflexões e debates acerca da tríade ética/corrupção/cidadania, no sentido de construir conhecimentos e valores de enfrentamento às ações de corrupção na sociedade.

“Eventos como este, que trazem à tona assuntos de grande importância. Nós gostaríamos de estar em outra época, para poder comemorar a situação do país, mas já que estamos nessa época, de tantos momentos de crise política e econômica, vemos que neste momento nasce eventos como esse, e nasce dentro de cada um de nós a vontade e a determinação de trabalhar muito para que possamos lutar contra a corrupção e a favor da cidadania e da ética”, destacou a vice-governadora Lígia Feliciano.

A programação deste primeiro dia contou com uma conferência sobre “Ética e Cidadania”, defendida pelo ex-ministro da Educação e atual professor da Universidade de São Paulo (USP), Renato Janine. “O primeiro problema ético no Brasil é a desigualdade social. Com relação à cidadania nós precisamos respeitar o direito das pessoas para não restringir a liberdade do outro”, disse Renato Janine.

Ainda durante o dia houve as apresentações do promotor Márcio Gondim, representando o procurador-geral de Justiça do Ministério Público Estadual, Bertrand de Araújo Asfora, que proferiu a palestra: “Lançando um Olhar Educacional sobre a Corrupção”. Depois foi a vez do procurador da República, José Godoy Bezerra, palestrar sobre “Escola e Cidadania”.

A programação continuará nesta quarta-feira (19), das 9h às 17h, na Escola Estadual Técnica Integral Erenice Cavalcante Fidelis, em Bayeux. Os envolvidos poderão participar de oficinas de criação para produção de conteúdos sobre o enfrentamento à corrupção, ofertadas pelo Centro Estadual de Artes (Cearte) e Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc).

Concurso “Curta Jovem” – O projeto é voltado para que estudantes e professores da rede estadual de ensino desenvolvam um filme, de no máximo 5 minutos, sobre o tema de ética e enfrentamento à corrupção.  De acordo com o secretário de Educação, Aléssio Trindade, será feito um processo de avaliação dos melhores filmes, e o melhor conteúdo será tema de um vídeo institucional articulado com o Ministério Público e Secretaria de Educação. “Nós queremos que a ética, a cidadania e o enfrentamento à corrupção sejam um tema que perpasse o nosso currículo para que possamos trazer esse assunto para dentro das nossas escolas e a partir daí a gente construa de fato, por meio da educação, uma sociedade que tenha consciência do mal que é praticar a corrupção”, explicou o secretário.