João Pessoa
Feed de Notícias

Lígia Feliciano participa da audiência do ODE e ouve reivindicações da população em Solânea

terça-feira, 12 de abril de 2016 - 11:16 - Fotos:  Junior Fernandes

A vice-governadora Lígia Feliciano participou, na noite dessa segunda-feira (11), na cidade de Solânea (2ª Região Geoadministrativa), da sétima audiência (Ciclo 2016) do Orçamento Democrático Estadual, realizada no ginásio Adauto Silva, no centro da cidade. Na ocasião, Lígia fez entrega de cheques do Empreender Paraíba, no valor de R$ 694,5 mil, além de equipamentos às escolas da região, à Gerência de Saúde e ouviu as reivindicações da população.

“É uma alegria estar aqui nesta noite representando o governador Ricardo Coutinho que gostaria muito de estar presente, por considerar este instrumento de suma importância para a população paraibana e da real democracia. Estou aqui junto com toda a equipe de governo para ouvir a população e dar os devidos encaminhamentos”, disse Lígia Feliciano ao abrir a plenária.

Por meio do Empreender Paraíba, Lígia Feliciano fez a entrega de cheques no valor de R$ 694,5 mil, destinados a 199 microempreendedores, nas linhas de créditos individual e juventude. Para a segunda Gerência de Educação foram entregues 148 computadores para as escolas, no valor de R$ 591,9 mil, e para a segunda Gerência de Saúde foram entregues duas câmaras frias e dois ar condicionados, no valor de R$ 67 mil.

A vice-governadora ainda fez entrega de um trator, no valor de R$ 170 mil, para a Estação Experimental da Emepa, em Tacima – um projeto pelo PAC Empraba, e entregou os selos “Escola que Ensina o Valor da Vida” às escolas estaduais Padre Geraldo Pinto, Alfredo Pessoa de Lima e Celso Cirne, todas de Solânea, e “Parceiros da Participação Popular”, pela Secretaria Executiva do Orçamento Democrático, ao diretor do Hospital de Serraria, Antônio Eduardo, ao diretor regional da Emater, Rui Morais, e ao comandante da Companhia de Polícia Militar de Solânea, capitão J. Ferreira.

Lígia disse que esse é um momento importante, pois o Orçamento Democrático é um instrumento que oportuniza a população reivindicar os seus desejos. “Estamos aqui para discutir o que a população quer para a região. Não se vê isso em nenhum outro lugar do Brasil. É o sexto ano que em 16 plenárias o governo se faz presente para ouvir os desejos do povo. É através da reivindicação das populações, junto com os conselheiros, que iremos tratar do orçamento do próximo ano. É importante dizer que aqui estamos para ouvir todos, mesmo nem sempre dando para fazer tudo. É essa a verdadeira democracia que é participar efetivamente das decisões do governo e participar dos destinos dos recursos públicos”, ressaltou a vice-governadora, adiantando que a Paraíba tem um governo sério e responsável, que mantém as obras funcionando e com as contas todas equilibradas, inclusive com o pagamento do funcionalismo em dia.

“Isso é um compromisso de um governador sério, que mesmo diante da crise econômica mantem o estado no caminho certo. Tenho orgulho de ser paraibana e principalmente em estar como vice-governadora, podendo ver de perto a transformação da Paraíba”, finalizou.

Nas reinvindicações desta plenária foram feitos pedidos para a construção de uma Escola Técnica na região, melhorias na distribuição de água, reforma de escolas e pavimentação de estradas. Como reivindicou Fabiano Silva, de Casserengue: “Queremos primeiramente agradecer a estrada que foi construída pelo Governo do Estado, em Casserengue, e aqui hoje reivindicar a construção de mais uma escola, melhorias na segurança pública e no saneamento básico da nossa região”, solicitou o popular.

Participaram desta plenária 1.804 pessoas, que elegeram como prioridades de investimentos para o próximo ano, a educação (440 votos), seguido da estradas de rodagens (181) e saúde (157). Nesta terça-feira (12), a partir das 19h, em Itabaiana (12ª Região).

Municípios que integram a região – Araruna, Bananeiras, Belém, Borborema, Cacimba de Dentro, Caiçara, Casserengue, Dona Inês, Logradouro, Riachão, Serraria, Solânea, Tacima.

Prestação de contas – De acordo com as prioridades eleitas nas audiências do Orçamento Democrático no ciclo anterior, a população da região elegeu o abastecimento de água, seguido da educação e segurança pública para investimentos neste ano. A partir destas prioridades, o secretário executivo do Orçamento Democrático, Gilvanildo Pereira, prestou contas das obras e ações do governo na região. “Foram investidos nesta região, polarizada por 13 municípios, um total de R$ 83 milhões e 974 mil, beneficiando mais de 150 mil moradores”, informou Gilvanildo Pereira.

Na área dos recursos hídricos, abastecimento de água e esgotamento sanitário foram investidos mais de R$ 10 milhões, com a construção das adutoras de Jandaia/Cacimba de Dentro e Canafístola (R$ 7 milhões e 883 mil – obra em andamento), quatro barreiros construídos, em Araruna (R$ 233 mil), uma barragem recuperada “Canafístola, em Solânea (R$ 576 mil), dois sistemas de abastecimento rural em implantação (R$ 288 mil), um em Jaracatiá e outro em Laranjeiras, ambas pertencentes ao município de Bananeiras, e ainda a ser iniciada a construção da estação de tratamento de água, em Solânea, na ordem de R$ 1 milhão e 719 mil e outra de tratamento de esgotos, em Araruna, no valor de R$ 80 mil.

Na educação estão sendo investidos R$ 1 milhão e 942 mil, com a aquisição de 148 computadores para as escolas estaduais da região e R$ 1 milhão e 350 mil, com a implantação de rede wireless, em 30 escolas do ensino médio. Através do Prêmio Escola de Valor foram contempladas 26 escolas e 1.145 servidores, além do Prêmio Mestre da Educação, com 280 professores também contemplados.

Ainda segundo Gilvanildo Pereira, houve investimentos na segurança pública, no valor de R$ 693 mil, com a reforma de duas cadeias públicas (R$353 mil), em Bananeiras e Solânea, seis viaturas adquiridas (R$ 319 mil – locação anual), armamento e materiais bélicos (R$ 21 mil), além da apreensão, pela Polícia Civil, de 321 armas, realização de 14 operações de repressão qualificada, resultando na prisão de 79 pessoas, realização de 29 representações por Medidas Protetivas, em favor de mulheres vítimas de violência, e atendimento de 7.628 pessoas para registro de boletins de ocorrências.

Em Estradas de Rodagens foram investidos R$ 37 milhões e 835 mil, com três estradas restauradas (R$ 10 milhões e 334 mil): PB – 073/PB – 111 e Travessia urbana de Belém, pavimentação de ruas urbanas executadas pelo governo, por meio do Pacto Social, em Serraria, totalizando R$ 1 milhão e 406 mil, mais três estradas em restauração (PB-105 e PB-111 -R$ 12 milhões e 77 mil), além da restauração e urbanização da Avenida Central, em Belém (R$ 2 milhões e 563 mil), pavimentação de outras ruas urbanas, em Bananeiras e Casserengue (R$ 1 milhão e 45 mil), e ainda a licitar a pavimentação da PB-103, que liga Tabuleiro a Dona Inês.

O secretário também apresentou outros investimentos no Desenvolvimento Humano (R$ 6 milhões e 351 mil), com o pagamento do Abono natalino do Bolsa Família e a construção de 214 cisternas, em Caiçara e Logradouro, e mais 754 em construção; a reforma da Instituição de Longa Permanência, Fundação Associação São Bento (R$ 44 mil), em São Bento. Por meio do Empreender Paraíba, foram investidos R$ 4 milhões e 91 mil, com créditos para 1.233 pequenos e médios empreendedores. Na habitação foram investidos R$ 8 milhões e 100 mil, com a construção de 130 casas (50 em Bananeiras, 40 em Dona Inês e 40 em Serraria – R$ 3 milhões e 200 mil) e mais 100 unidades que serão construídas, em Belém, totalizando R$ 4 milhões e 900 mil; e na Saúde foram investidos R$ 12 milhões e 17 mil, com custeio de três hospitais (Hospital Regional de Solânea, Hospital Distrital de Belém e Hospital de Serraria – R$ 11 milhões e 960 mil)