João Pessoa
Feed de Notícias

Lígia abre Feira Estadual de Economia Solidária em Tambaú

sábado, 10 de dezembro de 2016 - 10:36 - Fotos:  Junior Fernandes

 

A vice-governadora Lígia Feliciano participou, nessa sexta-feira (9), da solenidade de abertura da Feira Estadual de Economia Solidária no pátio externo do Centro Turístico, no bairro de Tambaú, em João Pessoa. A feira segue até este domingo (11), das 15h às 20h.

Realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano e da Secretaria Executiva de Estado de Segurança Alimentar e Economia Solidária, a feira reúne mais de 40 grupos de várias cidades da Paraíba, que expõem seus produtos dos mais diversos segmentos, tais como: artesanato, agricultura familiar e produtos produzidos com materiais reciclados.

Para Lígia Feliciano, a feira fortalece e incentiva a criatividade do paraibano. “Eventos como este sempre mostram o potencial e a qualidade do trabalho que cada vez mais encanta os nossos olhos. O Governo do Estado tem uma visão ampla da economia solidária, na Paraíba diversas entidades fazem parte desse processo de organização em redes; a exemplo da agricultura familiar, pontos fixos de comercialização e assistência técnica, associações de catadores, grupos de artesanato, fundos rotativos e bancos comunitários. Nesse ano a programação apresenta diversas atividades na capital e no interior que demonstram o entusiasmo de trabalhares e trabalhadoras que exercitam praticas de inclusão e mudança de vida a partir do coletivo”, ressaltou a vice-governadora.

De acordo com a secretária de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida, a ação é construída com parcerias que tem a mesma visão de sustentabilidade. “Esse é um processo de visibilidade, que vem mostrar para as pessoas que um outro processo de organização econômica é possível a partir do trabalho que fortalece a economia local, e visa deixar para a sociedade a mensagem da sustentabilidade”, destacou Ana Paula.

Para Lúcia Helena Lima, de Muçumagro, a feira permite maior visibilidade do trabalho. “Sempre que participamos da feira conseguimos um faturamento maior. Isso possibilita investir mais no trabalho com o dinheiro extra que conseguimos nesses eventos”, concluiu a artesã.