João Pessoa
Feed de Notícias

Liceu ganhará piscina semiolímpica, elevador e salas climatizadas

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 - 11:04 - Fotos:  José Lins/Secom-PB

O Governo do Estado investe R$ 5,9 milhões em obras de reforma e ampliação do complexo educacional no centro de João Pessoa formado pelas escolas Liceu Paraibano, Olivina Olívia Carneiro da Cunha, Argentina Pereira Gomes e Instituto de Educação da Paraíba (IEP). Juntos esses colégios atendem a 6.249 alunos, dos quais 2.144 são Liceu, uma das unidades de educação pública mais tradicionais do Estado.

Até agora já foram executadas 40% da obra. Nas férias do final do ano o ritmo dos trabalhos será acelerado e avançará em ambientes até então não reformados por conta das aulas. Uma equipe de 120 operários executa as obras. O complexo educacional ganhará uma piscina semiolímpica, equipamento que está gerando grande expectativa entre alunos e professores.

O Liceu Paraibano passa por melhorias que incluem a instalação de um elevador, construção de bateria de banheiros, laboratórios de informática e de robótica, ampliação do refeitório e as salas de aula passarão a ser climatizadas. A reforma no Liceu é monitorada por técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), que tombou o prédio.

A diretora do Liceu Paraibano, Telma Medeiros Rodrigues, acompanha diariamente o andamento das obras. Hoje a escola atende a 2.144 alunos, nos três turnos e em 20 salas de aula. A escola também tem auditório, biblioteca, laboratórios multimídia, além de um rico acervo com milhares de documentos históricos. Maria Amélia Pessoa Amorim é a engenheira responsável pelas obras no complexo educacional.

Liceu (R$ 2.357.554,88) – Serão recuperados os banheiros e cozinha, rede elétrica e hidráulica; será feita pavimentação externa, polimento do piso granilite, pintura interna, recuperação estrutural da escada externa e teto da circulação do pavimento térreo, reposição de vidros, impermeabilização com manta asfáltica na coberta, colocação de uma cobertura em policarbonato no relógio e esquadrias de madeira e ferro; será construída uma arquibancada com coberta em policarbonato, casa de bomba para piscina, uma piscina semiolímpica, uma sala de multimídia, sala de informática, bateria de banheiros, vestiários, casa do caseiro e administração.

Escola Olivina Olívia (R$ 1.797.495,64) – O piso será substituído por granilite, e o forro de gesso por laje treliçada com enchimento em bloco de EPS. Será colocado forro de gesso arcartonado no auditório, será revisada toda rede elétrica e hidráulica e concluído o local do refeitório. A coberta e a estrutura metálica do ginásio serão recuperadas, assim como a instalação elétrica e o vestiário. Também será feito o fechamento lateral, frente e fundos.

Escola Argentina Pereira Gomes (R$ 851.847,78) – Piso cerâmico será substituído por granilite; coberta será recuperada, assim como as redes elétrica e hidráulica; todo o prédio terá nova pintura externa e interna. No ginásio será recuperada a coberta e estrutura metálica, revisada a rede elétrica e recuperado o vestiário, além da construção de muros na lateral, frente e fundos.

Instituto de Educação da Paraíba (R$ 924.980,32) – As obras nessa unidade vão retirar o forro de gesso e piso cimentado, que será substituído; também serão impermeabilizadas as áreas de laje e calhas e as esquadrias de madeira serão recuperadas. No ginásio será recuperada a coberta e estrutura metálica, revisada toda a rede elétrica e recuperado o vestiário.