João Pessoa
Feed de Notícias

Liberados mais R$ 10 milhões para obras do Centro de Convenções

quarta-feira, 5 de maio de 2010 - 11:43 - Fotos: 

O governo federal liberou nesta terça-feira (4), através do Ministério do Turismo, mais 10 milhões para continuidade das obras de implantação do Centro de Convenções de João Pessoa.

O secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia, Francisco Sarmento, que se encontra em Brasília, informou que um novo plano de trabalho correspondente ao valor liberado será apresentado para que os recursos sejam aplicados o mais rápido possível.

Sarmento reiterou que a primeira etapa útil das obras deverá ser concluída no início no segundo semestre, entre o final de junho e início de julho, e corresponderá à Feira de Exposições, estacionamentos, vias internas, guaritas, cerca e estrutura do mirante onde será instalado um restaurante.

O Centro de Convenções será o núcleo em torno do qual se instalará o Pólo do Cabo Branco, cujos estudos de concepção se encontram em fase de contratação pela SEMARH.

A obra – O Centro de Convenções de João Pessoa está sendo construído no Pólo Ecoturístico Cabo Branco, às margens da rodovia PB-008, próximo à entrada para a praia de Jacarapé. O empreendimento vai ocupar área total de 34 hectares, sendo 19 hectares (38.947 metros quadrados) destinados à área de construção física e 15 hectares para área de preservação ambiental.

O complexo terá quatro blocos e oferecerá a sociedade paraibana torre/mirante com mais de 54 metros de altura, restaurante, bloco para feira de exposições e eventos, teatro/auditório (com de três mil assentos) e um Centro de Congressos, entre outros espaços.

O Centro de Convenções será um marco na economia da Paraíba. O projeto do empreendimento foi elaborado pela arquiteta Isabel Caminha, do escritório mineiro Arte & Arquitetura, está sendo executado pela construtora Via Engenharia e fiscalizado pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Suplan).

Da Assessoria de Imprensa da SEMARH