João Pessoa
Feed de Notícias

Leonardo Gadelha busca parcerias com Pernambuco e revela lista de ações

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 - 11:29 - Fotos: 

Uma reunião na manhã desta quarta-feira no Recife, entre o secretário de Infraestrutura da Paraíba, deputado Leonardo Gadelha, o executivo da pasta, Francisco Carlos Firmino, e o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho, discutiu o estabelecimento de parcerias entre Paraíba e Pernambuco.

De acordo com informações de Leonardo Gadelha, o primeiro fruto dessa relação e "cessão em comodato de defensas a serem instaladas no porto de Cabedelo". O equipamento é essencial para a atracação de navios, "e o nosso porto necessita de novas defensas". O porto de Recife possui o equipamento e algumas unidades não estão sendo utilizadas.

Ficou acordado entre os dois secretários que uma equipe de técnicos do Estado vizinho fará um levantamento no porto paraibano. "Constatadas a compatibilidade técnica e a viabilidade econômica, o porto de Recife nos cederá os equipamentos. Neste caso, os que não estão sendo usados naquele terminal", explicou Leonardo. Além das defensas, outros equipamentos poderão ser cedidos, tanto pelo porto de Recife quanto pelo porto de Suape. “Essa interação começará pelas defensas”.

Outra importante parceria também foi discutida durante a reunião. "Trata-se da criação de um grupo de trabalho para viabilizar a expansão do Pólo Farmacoquímico Pernambucano, que fica em Goiana, próximo à divisa dos dois Estados, para terras paraibanas", revela Leonardo Gadelha. Esta semana está programado o inicio da construção da planta da Novartis, uma das maiores empresas do setor de medicamentos no mundo. “A intenção é que a expansão do Pólo aconteça de forma conjunta entre Paraíba e Pernambuco”. O grupo de trabalho deverá se reunir a partir de janeiro próximo.

Leonardo adiantou mais uma ação deste intercambio que começa a se construir. No inicio de janeiro, um grupo formado por técnicos da Paraíba visitará a cidade de Petrolina para, na companhia de técnicos Pernambucanos, conhecerem todo o processo de produção e comercialização nas terras irrigadas de Petrolina. "A nossa intenção e conhecer o que já foi feito por lá para que possamos replicar os acertos e evitar os equívocos no nosso projeto análogo, Várzeas de Sousa", avalia Leonardo.

Para o secretario, que credita a idéia ao conselheiro do TCE, Jose Mariz, "a visita trará inúmeros benefícios para o processo de consolidação de Várzeas de Sousa. Com o know how de Petrolina, poderemos fazer com que Várzeas seja a revolução que tem potencial para ser, em menos tempo e com otimização do trabalho".

Assessoria de Imprensa da Secretaria de Infraestrutura