João Pessoa
Feed de Notícias

Lei Seca fiscaliza 650 veículos e flagra 59 sob efeito de álcool na Capital

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013 - 11:18 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

Mais de 650 veículos foram abordados, em João Pessoa, nesse fim de semana, por agentes da Operação Lei Seca. O resultado foi a aplicação de 727 testes do bafômetro, com 59 flagrantes e três prisões por embriaguez.

As fiscalizações começaram no noite da sexta-feira (29) quando aconteceu uma operação em vários pontos da cidade. Em seis horas de fiscalização, foram abordados 381 veículos e aplicados 421 testes. Até a madrugada do sábado (30), foram flagrados 28 motoristas embriagados e duas pessoas foram presas por desacato.

De acordo com o superintendente do Departamento Estadual de Transito, Rodrigo Carvalho, desde a contratação dos agentes de trânsito concursados, a Operação Lei Seca vem realizando fiscalizações diariamente. “As operações acontecem todos os dias, instalamos barreiras simultâneas em vários pontos da cidade. Estamos salvando vidas, este é o principal objetivo da Lei Seca”, afirmou o superintendente.

As operações contaram com a participação dos profissionais da Divisão de Policiamento de Trânsito do Detran e agentes do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran).

Na noite do sábado (30), as equipes flagraram 20 motoristas embriagados e um foi preso, em cinco horas de blitz, quando foram abordados 69 veículos e aplicados 84 testes do bafômetro.Já no domingo (1º), foram flagrados mais 11 motoristas embriagados e dois foram presos, durante abordagem a 205 veículos com a aplicação de 222 testes do bafômetro.Além dos flagrantes de embriaguez ao volante, a Operação Lei Seca também apreendeu 29 veículos com documentação irregular.

Balanço - Desde que foi criada, em 21 de setembro do ano passado, a Operação Lei Seca já abordou 39.389 veículos e aplicou 35.406 testes do bafômetro. Neste período, 2.715 motoristas paraibanos foram flagrados dirigindo embriagados e 371 foram presos.

Só este ano, a operação já abordou 26.991 veículos e aplicou 26.569 testes do bafômetro.De janeiro até hoje, 1.865 foram flagrados pela Operação Lei Seca e 264 foram presos.

Reconhecimento - Além de ter provocado uma significativa mudança no comportamento dos condutores, a Operação Lei Seca tem cada vez mais aceitação junto à sociedade paraibana.

Nesta terça-feira (3) o superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, será homenageado durante a abertura do Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran), promovido pela 14ª Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal. O evento será aberto às 8h30, no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa.

Por meio de ofício, a superintendente da PRF, Luciana da Silva Duarte, explicou que “a intenção é homenagear o Detran pela efetivação e eficiência dos trabalhos desenvolvidos pela Operação Lei Seca, na defesa de um trânsito mais seguro”.

Rodrigo Carvalho disse que “este reconhecimento, partindo de um órgão de trânsito com a importância e credibilidade da Polícia Rodoviária Federal, é prova de que o Governo do Estado acertou ao criar a Operação Lei Seca, integrar as ações do Detran e BPTran e investir em medidas que tornaram as fiscalizações mais frequentes e eficientes”.

Ele destacou que nada seria possível sem a integração e o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito e que divide a homenagem com todos os envolvidos na Operação Lei Seca e com cada paraibano que conseguiu perceber que o objetivo da ação não é multar e sim provocar a conscientização dos riscos da mistura álcool e direção.

Para o Major Rochester Vale, chefe da divisão de policiamento de trânsito do Detran e coordenador da Operação Lei Seca, “a homenagem é um incentivo para toda a equipe que vem se esforçando para tornar a ação cada vez mais frequente e eficiente”.