João Pessoa
Feed de Notícias

‘Lei Seca’ completa 2 meses e já flagrou 471 motoristas embriagados

sexta-feira, 23 de novembro de 2012 - 11:58 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

Um dia depois de completar dois meses de atuação, Operação Lei Seca flagrou 18 motoristas dirigindo embriagados e dois foram encaminhados à delegacia.

A barreira policial foi montada na Avenida Epitácio Pessoa, às 22h da quinta-feira (22) e fiscalizou 189 veículos, numa ação que só terminou por volta das 4h da manhã desta sexta-feira (23).

Elogios de motoristas – Durante a fiscalização, foi solicitado aos condutores dos veículos abordados que fizessem o teste de alcoolemia e quase todos concordaram em utilizar o bafômetro e conhecer o aparelho que acusa o consumo de álcool antes de dirigir. A maioria elogiou a ação e disse que se sente mais segura no trânsito, após a intensificação das fiscalizações.

A Operação Lei Seca foi lançada pelo Governo do Estado no dia 21 de setembro, a fim de integrar as ações de policiamento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran).

Com esta ação realizada na madrugada da sexta-feira subiu para 471 o número de motoristas flagrados dirigindo embriagados, desde o lançamento da Operação Lei Seca e para 1.393 o número de flagrantes em 2012.

Durante a operação foram apreendidos 10 veículos e 18 carteiras nacionais de habilitação.

Entre os veículos apreendidos, cinco estavam com o licenciamento anual em atraso. Vale lembrar que, pelo calendário 2012, toda a frota paraibana já deve estar licenciada. O último final de placa a vencer foi o “zero”, cujo prazo para licenciamento 2012 terminou em 31 de outubro.

As viaturas adquiridas pelo Governo do Estado para a Operação Lei Seca são equipadas com computadores interligados ao banco de dados do Detran, o que facilita a verificação da documentação dos condutores e dos veículos, e a identificação de casos de inadimplência.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, circular com o licenciamento do veículo em atraso é infração gravíssima, com sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e multa de quase R$ 200.