João Pessoa
Feed de Notícias

Lançada etapa de vivência do Projeto Acesso Cidadão

sábado, 15 de dezembro de 2012 - 19:37 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

A etapa de vivência do projeto “Acesso cidadão – ao lazer, esporte, arte e cultura”, foi lançada na manhã deste sábado (15), na praia do Cabo Branco, em frente à Fundação Casa de José Américo, com solenidade, apresentações artísticas e práticas esportivas. O projeto visa promover a inclusão social e o acesso simultâneo das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida às atividades de esporte, cultura e lazer.

O governador Ricardo Coutinho foi representado pela secretária de Comunicação Social, Estelizabel Bezerra. Ela explicou que o projeto teve início com o diálogo estabelecido entre o Governo do Estado (com idealização e coordenação da Fundação Casa de José Américo e apoio da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência – Funad),  a ONG Assessoria e Consultoria pela Inclusão Social (AC Social) e viabilizado no período em que ela era secretária municipal de Planejamento. “É um projeto inovador, porque agrega ações de esporte, cultura e lazer. Sinto muito orgulho de vê-lo surgir, que só foi possível porque reúne a vontade da sociedade civil e a responsabilidade do poder público”.

O diretor da ONG AC Social, Genilson Machado, revelou que estava bastante emocionado com o lançamento desta etapa. “É um sonho antigo realizado. A partir de agora temos todas as condições para aproveitarmos todas as plataformas de acesso ao mar, abrangendo lazer, esporte, arte e cultura”, destacou.

A programação iniciou às 7h, com café da manhã para os participantes. Em seguida, houve apresentação da Banda Acredite, pelo Centro de Atividades Especiais Helena Holanda, cerimônia de instalação do projeto, apresentação da banda de pagode e danças pela Funad, encerrando com práticas de modalidades esportivas, como bocha no tablado, vôlei sentado, frescobol, badminton, banho de mar nas cadeiras anfíbias, surf e passeio de caiaque.

Acesso Cidadão – O projeto visa permitir a acessibilidade às pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida, desde a Fundação Casa de José Américo até o mar, permitindo usufruir do conhecimento e lazer possibilitados pela FCJA, além da prática de esportes na praia e no mar.

São objetivos específicos do projeto, entre outros, aprofundar as relações entre a instituição e a sociedade, capacitar e formar equipes de profissionais especializados no atendimento à pessoa com deficiência, nas áreas de saúde, esporte e lazer adaptados; incentivar a participação e integração dos familiares de pessoas com deficiência; assegurar que pessoas com deficiência tenham acesso a locais de eventos esportivos, recreativos, turísticos e culturais; e alertar sobre a necessidade  de facilitar a vida da pessoa com deficiência.

O projeto assegurará que crianças com deficiência possam, em igualdade de condições com as demais crianças, participar de jogos e atividades recreativas, esportivas, de lazer e culturais, na areia, no mar e na FCJA. Prevê a criação de oficinas de surf adaptado, de arte e esculturas na areia, de vôlei de praia, oficinas recreativas, como peteca e spiribol, bem como serão promovidas palestras e diversas atividades nas dependências da Fundação Casa de José Américo.