João Pessoa
Feed de Notícias

Lançada biografia do governador José Maranhão

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 - 11:18 - Fotos: 

O governador José Maranhão, acompanhando da primeira-dama, desembargadora Fátima Bezerra, e do vice-governador, Luciano Cartaxo, prestigiou o lançamento do livro “José Maranhão – Uma Vida de Coerência”, escrito pelo jornalista Gonzaga Rodrigues e pela professora Ângela Bezerra de Castro. A solenidade de lançamento reuniu políticos, jornalistas, empresários e acadêmicos, na noite desta terça-feira (15), no auditório do Espaço Cultural do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê).
 

Maranhão falou da honra e da felicidade de receber um presente como esse de seus dois grandes amigos, os escritores Gonzaga Rodrigues e Ângela Castro. “Estou emocionado e sou grato pela forma carinhosa que escreveram o livro. Os escritores contaram a narrativa de toda a minha vida e registraram vários momentos da história da Paraíba e do Brasil que tive a honra de participar”, disse Maranhão, e comentou que sua vida sempre foi pautada pelos mesmos princípios, tendo compromisso com a dignidade, com a honestidade e com a coerência, respeitando os credos políticos e religiosos.

O livro – A obra narra a trajetória política e pessoal do governador José Targino Maranhão. Iniciado na carreira política pelo pai, Benjamim Maranhão, tendo seu primeiro mandato como deputado estadual em 1955 com apenas 18 anos. Ângela Castro relatou que o governador começou a trabalhar aos 15 anos como sócio na empresa de exportação de seu pai e seu grande sonho era ser engenheiro do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), mas os planos de seu pai eram outros. “Seguindo os conselhos do pai, iniciou sua carreira política. Aos 18 anos foi eleito o deputado mais novo da Paraíba e apesar da pouca idade já defendia seu mandato com opiniões firmes”.

A ideia de escrever a biografia de Maranhão surgiu em 2005 numa conversa na casa de Ângela, com Gonzaga Rodrigues e Luiz Augusto Crispim. Os três falavam da carreira política de Maranhão quando decidiram escrever e mostrar a trajetória de homem público. “A história política foi escrita por Gonzaga, a pessoal por mim, com alguns textos de Crispim. Já Sales Gaudêncio e Francisco Pereira colaboraram com a pesquisa e seleção das ilustrações. No livro procuramos relatar a reconstituição de episódios e ações da sua trajetória o que possibilitou traçar o seu perfil”, explicou a escritora.

O jornalista Gonzaga Rodrigues ressaltou a importância de Maranhão na história política da Paraíba e contou que os três últimos capítulos do livro só foram finalizados este ano, após Maranhão assumir pela terceira vez o Governo do Estado. “O livro fala do homem público de grandes virtudes, como o respeito à pessoa humana e ao dinheiro público. Nos quase 50 anos de vida pública nunca soubemos de nenhum escândalo envolvendo seu nome”, acrescentou. 

Depoimentos - O vice-governador Luciano Cartaxo fez questão de destacar a atuação do governador na política e sua coerência como marca fundamental. “Ao longo de sua vida pública Maranhão não teve nenhuma mancha”. Já Sales Gaudêncio falou da gratificação que sente, enquanto professor e colaborador do livro, de poder contribuir com o “registro da memória e da vida paraibana, servindo de exemplo para gerações futuras”, concluiu.

O jornalista José Nêumanne Pinto, durante a apresentação do livro, comentou a importância do político Maranhão, que sempre teve ideais firmes ao longo dos anos. “No momento que vivemos de corrupção e escândalos nacionais é importante ter um homem que mantenha firme suas ideias. Nacionalista, sempre votou como parlamentar as propostas tidas como mais populares, sendo um parlamentar nota dez nestas questões. E, sempre pautado pelas mesmas idéias”, ressaltou. 

Presentes ao evento, presidente da Academia Paraibana de Letras (APL), Juarez Farias; representante do Conselho Estadual de Educação, José Jakcson de Carvalho; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Silvio Ramalho; o secretário Geral da Receita Federal, Otacílio Dantas Cartaxo; o procurador Bertrand Lira; os deputados estaduais Guilherme Almeida, Jeová Campos, Nadja Palitot, Gervásio Maia. Além de familiares e dos secretários Marcos Ubiratan (Finanças), Leonardo Gadelha (Infraestrutura), Lena Guimarães (Comunicação Institucional), coronel Francisco (Esporte e Lazer), Francisco Sarmento (Recursos Hídricos), Edivaldo Nóbrega (Turismo) e Roosevelt Vita (Administração Penitenciária). 

Gledjane Maciel, com fotos de Mano de Carvalho