João Pessoa
Feed de Notícias

Sistema garante rapidez e precisão no monitoramento de exames no Lacen-PB

quarta-feira, 13 de julho de 2011 - 11:47 - Fotos:  José Lins/Secom-PB

Visando garantir uma maior rapidez e um melhor monitoramento das atividades que realiza no Estado, o Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB) está recebendo a reimplantação do Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial, denominado de “GAL”, que tem a função de aprimorar e dar mais rapidez nas respostas ao paciente, proporcionando um melhor monitoramento com relação aos exames realizados.

Para garantir a utilização correta do sistema, os técnicos do Lacen-PB estão sendo treinados por técnicos da Fundação Ezequiel Dias (Funed) e do Lacen do Rio de Janeiro. A Funed integra o grupo de Laboratórios Centrais (Lacens) que utiliza o sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), e compartilha de uma rede de comunicação criada pelo Ministério da Saúde para facilitar a troca de informações entre os Lacens do país.

O GAL é um sistema informatizado desenvolvido para os laboratórios de saúde pública que realizam exames de notificação compulsória, de média e alta complexidade, das amostras de origem humana, animal e ambiental. O objetivo do sistema é informatizar toda a rede de laboratórios que realizam exames de interesse de saúde pública; disponibilizar dados epidemiológicos para as Vigilâncias Epidemiológicas de âmbito municipal, estadual e nacional, e promover o gerenciamento da rede de laboratórios de saúde pública, desde a solicitação de exames até a emissão do laudo final.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde, “o sistema funciona a partir do cadastro do paciente em cada município. Em seguida, com o resultado do exame no Lacen-PB, o mesmo poderá ser visualizado e conferido também pelo sistema de saúde de cada cidade, gerando rapidez e eliminando contratempos registrados no passado, quando o paciente tinha que se deslocar até o Lacen para saber o resultado, gerando uma grande perda de tempo”.

De acordo com Marta Rejane, diretora do Lacen-PB, o Sistema GAL vai dar uma resposta mais efetiva ao usuário no tocante ao ganho real de tempo. “O GAL deverá auxiliar o Lacen e gerar um maior intercâmbio com os municípios. Esperamos que até o final de 2011 o sistema esteja implantado nos 223 municípios da Paraíba”, ressaltou.

O sistema reúne ferramentas de rastreabilidade, monitoramento de confiabilidade e identificação de não-conformidades, auxiliando os gestores a desenvolver estratégias para aumentar a produtividade dos laboratórios, gerenciar o fluxo de recebimento de informação de produção de exames na rede cadastrada e a promover a padronização dos laudos.