João Pessoa
Feed de Notícias

Laboratório de Saúde Pública realiza 340 mil exames em dois anos

quinta-feira, 21 de março de 2013 - 12:30 - Fotos: 

O Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB) reuniu o seu corpo técnico e administrativo, nessa quarta-feira (20),  no “I Fórum de Avaliação das Atividades realizadas no biênio 2011\2012”, para apresentar e  discutir as ações realizadas pelo órgão durante os últimos dois anos. Também participaram do encontro, que aconteceu no auditório da Associação dos Plantadores de Cana-de-açúcar da Paraíba (Asplan), no Centro da Capital, profissionais do setor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e representantes dos hospitais de João Pessoa e das Gerências Regionais de Saúde.

De acordo com a diretora geral do Lacen-PB, Marta Rejane Lemos Felinto, em 2011 foram realizados 43,2 mil exames do Teste do Pezinho, 92 mil  de imunologia e doenças sexualmente transmissíveis, e 14,8 mil análises de água e produtos, totalizando 150 mil procedimentos.  No ano passado, o laboratório  realizou 43 mil Testes do Pezinho, 132 exames na área de imunologia e doenças sexualmente transmissíveis  e 15 mil análises  de água e produtos, num total de 190 mil.

Marta Rejane explicou que esse fórum foi planejado com o objetivo de avaliar as melhorias implementadas no biênio 2011/2012 e dar condições aos gestores, aos servidores e colaboradores em geral oportunidades de juntos traçarem novos encaminhamentos, no sentido de fortalecimento do Lacen, que é coordenador da rede estadual de laboratório e referência para diagnósticos de doenças transmissíveis e parasitárias.

Avanços – Depois que implantou o Gerenciador do Ambiente Laboratorial (GAL), uma ferramenta informatizada criada pelo Datasus, do Ministério da Saúde, o Lacen emite, mensalmente, 15 mil resultados de análises em tempo real. O novo sistema começou a funcionar em junho do ano passado e, no tempo recorde de cinco meses, foram capacitados profissionais em todos os 223 municípios paraibanos para cadastrar as amostras biológicas e acessar os resultados.

A emissão dos resultados dos mais de 50 tipos de exames é instantânea. Em todas as Gerências Regionais de Saúde (GRS), o GAL permite o acesso online dos dados. Sem o sistema, a entrega dos resultados demorava até sete dias.

“Em cada cidade foram capacitados dois técnicos para utilizar o sistema. As amostras, antes de ser enviadas ao Lacen, serão cadastradas no sistema e cada técnico responsável pelo acesso aos dados do programa possui uma senha individual e intransferível. Eles assinaram um termo de confidencialidade e são os únicos responsáveis por retirar os resultados e entregá-los aos solicitantes”, explicou a diretora do Lacen.

Depois que as amostram chegam ao laboratório, os resultados das análises ficam prontos em até 24 horas. Os laudos são disponibilizados no sistema online, e podem ser acessados em tempo real e terão uma assinatura eletrônica do profissional responsável. Ao invés de esperar que os laudos sejam enviados pelos correios, por exemplo, os técnicos que possuírem as senhas de acesso imprimem os laudos e agilizam o processo de encaminhamento dos usuários ao tratamento. A intenção é modernizar o processo e facilitar a chegada do resultado dos exames em menos tempo.

Missão – O Lacen tem a missão de realizar exames de saúde pública de média e alta complexidade para a geração de informações necessárias às ações da vigilância epidemiológica do Estado. Também realiza exames nas áreas de produtos e meio ambiente para análises de águas e alimentos, dosagem da colinesterase em agentes ambientais atendendo ao Programa de Saúde do Trabalhador, procedimentos necessários às ações da Vigilância Sanitária e Ambiental; supervisiona, coordena, capacita e garante a qualidade da Rede Laboratorial de Saúde Pública do Estado da Paraíba e atende de forma participativa e efetiva os surtos, juntamente com as áreas de vigilâncias em saúde (epidemiológica, ambiental e sanitária).