Fale Conosco

15 de agosto de 2016

Juliano Moreira ganha novo espaço dentro da proposta de humanização no cuidado da saúde mental



SES NOVO SETOR DO JULIANO MOREIRA FOTO RICARDO PUPPE 21 270x191 - Juliano Moreira ganha novo espaço dentro da proposta de humanização no cuidado da saúde mentalO Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira inaugura, nesta quinta-feira (18), às 9h, a reforma e ampliação do Espaço de Atenção à Crise (EAC), que vai receber pessoas com sofrimento psíquico e dependentes químicos de todos os municípios. Além das mudanças na estrutura física, o lugar passou por uma reformulação no modelo de atendimento e reorganização das equipes multiprofissionais, com o objetivo de atender a proposta de humanização no cuidado da saúde mental.

“Esta nova estrutura favorece o bem estar dos usuários e servidores, sendo mais um passo de fundamental importância na reforma psiquiátrica”, lembrou o diretor geral do Complexo, Walter Franco.SES NOVO SETOR DO JULIANO MOREIRA FOTO RICARDO PUPPE 11 270x191 - Juliano Moreira ganha novo espaço dentro da proposta de humanização no cuidado da saúde mental

Uma das principais mudanças no setor aconteceu nas enfermarias onde as grades foram substituídas por portas de madeira; todo o ambiente recebeu decoração com peças artesanais produzidas pelos pacientes; foi criado um espaço de convivência numa área aberta; espalhadas caixas de som, por todo prédio, com músicas instrumentais; foram implantadas a sala de acompanhamento para familiares e acompanhantes dos usuários e a sala multiprofissional para psicólogos e assistentes sociais para familiares dos pacientes internados.

SES NOVO SETOR DO JULIANO MOREIRA FOTO RICARDO PUPPE 10 270x191 - Juliano Moreira ganha novo espaço dentro da proposta de humanização no cuidado da saúde mental“Entendemos que um usuário com sofrimento psíquico gera clima de estresse na família e neste espaço a equipe receberá os familiares de forma acolhedora e humanizada”, disse o diretor.

A proposta de tempo do internamento é de três a 10 dias, mas, dependendo da situação clínica do paciente, este período será prolongado. O Espaço pode receber até 16 pacientes. Se o usuário for de João Pessoa, deve ser atendido no Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm), que fica no Trauminha, de Mangabeira. Caso haja necessidade, é feita a regulação para o EAC.SES NOVO SETOR DO JULIANO MOREIRA FOTO RICARDO PUPPE 12 270x191 - Juliano Moreira ganha novo espaço dentro da proposta de humanização no cuidado da saúde mental

O diretor explicou que o Juliano vem buscando diminuir o tempo de hospitalização. Por isso, a equipe vem desenvolvendo um trabalho conjunto para que o usuário possa se recuperar e restabelecer sua saúde emocional e psíquica num menor tempo possível e, dessa forma, ser encaminhado aos serviços substitutivos – Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

Capacitação - Dentro da política de humanização, o Juliano Moreira, em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), promoveu nesta segunda-feira (15) pela manhã o Treinamento Suporte Básico de Vida. A capacitação foi ministrada pela mestranda em saúde pública, Aline Oliveira, para o pessoal de apoio, cuidadores e técnicos de enfermagem do Complexo Psiquiátrico.