Fale Conosco

9 de dezembro de 2014

Jovens e adolescentes privados de liberdade participam do Enem na Paraíba



O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para jovens e adolescentes privados de liberdade está sendo realizado nesta terça (9) e quarta-feira (10) em todo o Brasil. Este ano, a Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” – Fundac inscreveu e preparou 87 socioeducandos para o exame em todo o Estado. As provas acontecem nas próprias unidades de internação.

Segundo a coordenadora do eixo Educação da Fundac, Luciman Lima, a principal função do Enem para os jovens e adolescentes privados de liberdade é a certificação quanto ao nível médio de ensino, ao passo que o Exame Supletivo para Jovens e Adultos (Enseja) certifica o ensino fundamental.

Para que os socioeducandos estivessem aptos para realizar o Enem, a Fundac, como órgão responsável pela coordenação do atendimento socioeducativo do Estado, realizou uma semana de aulas específicas para o exame. Durante as aulas, jovens e adolescentes aprenderam o manuseio e preenchimento da prova e executaram questões voltadas tanto para a área de exatas quanto de humanas.

A presidente da Fundac, Sandra Marrocos, acredita que se a intenção do Enem é certificar e habilitar jovens e adolescentes para o ensino superior, o papel do Governo do Estado é o de contribuir com o cumprimento desta meta. “Independente do estado de privação de liberdade, estamos fazendo valer os direitos dos socioeducandos da Paraíba. A educação é uma das nossas prioridades”, disse.