Fale Conosco

15 de junho de 2009

Jovens do CEA da Capital participam de exibição de esportes radicais



Os internos do Centro Educacional do Adolescente (CEA) de João Pessoa vão participar na tarde desta terça-feira (16) de uma apresentação de esportes radicais, música e dança. A atividade faz parte de uma parceria com a Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente Alice de Almeida (Fundac) e a organização não governamental GX Brasil Internacional.

Criado em 1997, o grupo reúne jovens de 12 nacionalidades que através da arte e do esporte tentam resgatar a auto-estima das pessoas privadas de liberdade compartilhando as experiências pessoais com o mundo do crime e das drogas.

O grupo chegou na Paraíba no dia 4 deste mês e fez uma apresentação para os 83 internos do Centro Educacional dos Jovens (CEJ). Durante uma tarde descontraída, jovens entre 18 e 21 anos que cumprem penas por crimes cometidos durante a adolescência assistiram exibições de esportes de ação (skate, patins in-line, BMX), Hip Hop (breaking, DJ, hip hop dance) e números circenses. O grupo usa uma linguagem simples e descontraída para atrair a atenção dos adolescentes.

A organização sem fins lucrativos já realizou mais de 1.200 apresentações em vários Estados brasileiros e no exterior e, segundo os organizadores, um milhão de pessoas já foram ressocializadas pelo projeto. As apresentações acontecem em presídios federais e estaduais, escolas municipais e estaduais, além de centros de reabilitação para menores em conflito com a lei. A apresentação no CEA de João Pessoa começa às 14h e será aberta aos 138 adolescentes que cumprem medidas sócio-educativas na instituição. Mais informações pelos telefones 3218-6992, 8824-1732 ou 9139-8100.

Gláucia Araújo, da Assessoria de Imprensa da Fundac