João Pessoa
Feed de Notícias

Jornadas de Inclusão trazem novo perfil do agricultor familiar paraibano

quarta-feira, 11 de junho de 2014 - 14:35 - Fotos:  Secom-PB

As Jornadas de Inclusão Produtivas que o Governo do Estado está realizando, por intermédio da Emater Paraíba, têm se constituído num fórum de discussões das políticas públicas para o desenvolvimento sustentável rural e permitido identificar um novo perfil do agricultor familiar paraibano. A avaliação é do secretário executivo da Agricultura Familiar, José Gonçalves, que na terça-feira (10), participou da jornada na cidade de Bananeiras, no Brejo.

A jornada, realizada no Centro Cultural Oscar de Castro, foi organizada pelos escritórios da Emater Paraíba em Bananeiras e o regional, com sede em Solânea, contando com a parceria da prefeitura municipal. Outros parceiros, a exemplo do Banco do Brasil e Banco do Nordeste, estiveram presentes, como também o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, sindicato de trabalhadores rurais e associações comunitárias rurais.

Na ocasião, o presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros Costa, informou que durante as três Jornadas de Inclusão Produtivas que já se realizaram na cidade de Bananeiras na atual gestão, nos anos de 2012, 2013 e 2014, a partir dos projetos e ações, foram investidos no município mais de R$ 3,2 milhões, em programas como PAA (Doação simultânea), Pnae municipal e estadual e Pronaf, entre outros.

Nessas três jornadas, informou, foram emitidas Declarações de Aptidão ao Pronaf para 50 famílias, distribuídas 9,3 toneladas de sementes selecionadas somente neste ano, e feita a inscrição para o Garantia Safra para 1.444 famílias, todas homologadas. “A base da economia local é o cultivo da banana e a piscicultura (tilápia em tanque), além do artesanato a partir da palha da bananeira e o turismo rural e religioso”, afirmou Ruy Moraes, coordenador regional da Emater Paraíba em Solânea.

O prefeito Douglas Lucena, de Bananeiras, presente ao evento, disse que a prefeitura vem dando todo apoio e contribuindo para atender aos agricultores familiares com o preparo do solo para o plantio, num trabalho de parceria com a Emater Paraíba. “As parcerias com várias entidades e com o município têm garantido avanços com projetos produtivos no campo”, comentou, lembrando que em breve será assinado com o Ministério do Desenvolvimento da Pesca um convênio que beneficiará a piscicultura do município de Bananeiras e, por extensão, toda a região brejeira.

O gerente do Banco do Brasil na cidade, Matheus Pimenta de Santana, disse que a intenção da agência da instituição financeira é ajudar a desenvolver ainda mais a região com a aplicação de mais recursos no setor produtivo. O gerente do Banco do Nordeste, Celso Almeida, lembrou que a parceria com a Emater Paraíba tem permitido avançar com os investimentos que, no município, são expressivos.

Já o presidente da Associação Comunitária de Gamelas, Severino Benício, destacou o apoio recebido dos extensionistas, mas lembrou da necessidade de mais incentivos para o agricultor familiar. A presidente do CMDRS, Ieda Nunes de Lima, acha que as parcerias, principalmente com a Emater Paraíba, estão trazendo benefícios para os agricultores de base familiar.

O agricultor familiar Adriano Felipe dos Santos, da Comunidade Nossa Senhora das Graças, que recebe assessoramento dos técnicos da Emater Paraíba, e estava comercializando seus produtos durante a jornada, disse que o crescimento de sua produção e melhoria da qualidade dos produtos tem sido possível graças ao assessoramento dos extensionistas que, quando necessário, fazem visitas e orientam desde o plantio até a comercialização.