João Pessoa
Feed de Notícias

JP e Cajazeiras levam atrações à Mostra Estadual de Teatro e Dança

domingo, 13 de novembro de 2011 - 14:34 - Fotos:  Divulgação

Cinco espetáculos fazem parte da programação da 16ª Mostra Estadual de Teatro e Dança deste domingo (13). No palco principal, a partir das 19h, se apresentam os espetáculos “Três Pontos”, da Contexto Cia de Dança (João Pessoa), dirigido por Alex Oliveira; “Encantados”, com o Balé Popular da UFPB (João Pessoa), dirigido por Maurício Germano; e “Diference”, da Cia A-B de Dança (João Pessoa), sob direção de Eric Breno. A peça “Flor de Macambira”, dirigida por Cristina Streva (João Pessoa), se apresenta na rua às 20h50. Fechando a noite, o grupo da Associação Cajazeirense de Teatro apresenta “As Malditas”, sob direção de Francisco Hernandez. Aberto no sábado (12), o evento se estende até o dia 19, sempre no Theatro Santa Roza.

Na segunda-feira (14), a partir das 19h, o público poderá assistir ao espetáculo “O Casamento de Carol”, do grupo de Teatro Gameleira (Areia), sob direção de Cornélio Fernandes, um dos selecionados da Mostra Paralela. Na sequência, no palco principal, será apresentada a peça “A Feira”, do grupo de Teatro Laboratório (Bananeiras), dirigido por Joílson Custódio. Em seguida, mais uma atração da paralela: “Costurando uma Paixão”, do Grupo Xudu, dirigida por Edglês Gonçalves (São José dos Ramos). Fechando a noite, Valeska Picado (João Pessoa) dirige “Romina e Julião”, com o grupo Deuzeroravambora.

Sobre a Mostra – Para este ano, foram selecionados 14 espetáculos na categoria de teatro e nove de dança. Outros sete farão parte da mostra paralela, sendo cinco de teatro e dois de dança. As apresentações começam, sempre às 19h e o acesso à programação é gratuito.

Até o final do evento, o palco do Santa Roza receberá grupos de João Pessoa, Cajazeiras, Bananeiras, Mamanguape, Cabedelo, Sousa, Santa Rita, Solânea, São Bentinho, Itabaiana, Campina Grande e Juripiranga.

Promovida pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e com patrocínio da Empresa de Correios e Telégrafos, a Mostra tem caráter competitivo. Serão premiados os três melhores espetáculos nas categorias de dança e de teatro, com valores de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil.

Os vencedores também receberão troféus com os nomes dos homenageados deste ano: Valdemar Dornelas (teatro) e Neide Mendonça (dança). Será concedido o Prêmio de Revelação a um dos espetáculos de cada categoria.

Os competidores serão avaliados por uma comissão julgadora formada por três profissionais de cada linguagem artística, cujas avaliações corresponderão a 70% do total da pontuação. Os outros 30% corresponderão ao júri popular formado por 100 pessoas da plateia (serão levados em consideração os 100 primeiros espectadores que chegarem para assistir aos espetáculos).

Oficinas – A 16ª Mostra Estadual de Teatro e Dança também oferece oficinas gratuitas nas duas categorias. Na área de dança, são oferecidas aulas de ballet clássico com o professor Luiz Roberto e de dança contemporânea com Ivaldo Mendonça (ambos de Recife-PE). Os interessados em teatro podem participar das oficinas “O Corpo Cênico”, com Aila Rodrigues, e “Treinamento Pré-Expressivo”, destinada a atores e bailarinos, com o professor Robson Haderchpek (Natal-RN). As inscrições para as oficinas estão abertas até o dia 14 de novembro, na Coordenação de Artes Cênicas da Funesc, rampa 1, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Atrações musicais – A partir desta segunda-feira (14), a 16ª Mostra Estadual de Teatro e Dança traz atrações musicais no bar anexo ao Theatro Santa Roza, começando com Juliana Almeida. Na quarta-feira (16), será a vez de Márcio Rocha soltar a voz. Na quinta-feira (17), a atração é Karla Lucena, com seu repertório de MPB e pop, e na sexta quem canta é Pádua Belmont, com repertório autoral. Os shows de voz e violão começam após as apresentações dos espetáculos.

Programação de domingo e segunda:

Domingo (13/11)
19h00 – Três Pontos, Contexto Cia de Dança, direção: Alex Oliveira (João Pessoa)
19h40 – Encantados, Balé Popular da UFPB, direção: Maurício Germano (João Pessoa)
20h20 – Diference, A-B de Dança, direção: Eric Breno (João Pessoa)
20h50 – Flor de Macambira, Grupo Ser Tão Teatro, direção: Cristina Streva (João Pessoa)
21h50 – As Malditas, Associação Cajazeirense de Teatro, direção: Francisco Hernandez (Cajazeiras)

Segunda-feira (14/11)
19h00 – O Casamento de Carol (Mostra Paralela), grupo Gameleira, direção: Cornélio Fernandes (Areia)
20h00 – A Feira, grupo de Teatro Laboratório, direção: Joílson Custódio (Bananeiras)
21h00 – Costurando uma Paixão (Mostra Paralela), grupo de Teatro Xudu, direção: Edglês Gonçalves (São José dos Ramos)
21h50 – Romina e Julião, grupo Deuzeroravambora, direção: Valeska Picado (João Pessoa)
Bar
23h00 – Juliana Almeida (voz e violão)

Serviço
16ª Mostra Estadual de Teatro e Dança
Data: 12 a 19 de novembro
Horário: 19h
Local: Teatro Santa Roza
Preço: Gratuito
Site: www.funesc.com.br
Telefones: (083) 3211-6225 / 3211-6224
Apoio: Núcleo de Teatro Universitário/ UFPB