João Pessoa
Feed de Notícias

Jardim Botânico de João Pessoa é espaço de contemplação da primavera

quinta-feira, 29 de setembro de 2016 - 11:44 - Fotos:  Secom-PB

A primavera é a estação do ano marcada pelas flores e que vem logo após o inverno. No hemisfério sul, onde está localizado o Brasil, a estação tem início no equinócio de setembro e tem fim no solstício de dezembro. A Paraíba possui diferentes tipos de vegetação e a Capital, João Pessoa, disponibiliza diferentes espaços de contemplação para a estação das flores. Um desses lugares é o Jardim Botânico Benjamin Maranhão, que nos meses de setembro a novembro promove diversos eventos, além das tradicionais visitas.

O Jardim Botânico de João Pessoa está localizado no espaço também conhecido por Mata do Buraquinho – maior resquício de Mata Atlântica em espaço urbano presente no Brasil. Em uma de suas redes sociais, o Jardim Botânico recebeu a primavera com uma foto da flor da Imbiriba ou Embiriba. De nome científico Eschweilera ovata, é uma espécie de origem nativa que possui ocorrência desde a região norte até o sudeste do país nos domínios fitogeográficos da Amazônia e Mata Atlântica.

A árvore é dotada de uma copa piramidal e densa, variando de quatro a 18 metros de altura, possuindo uma madeira pesada, sendo muito utilizada na construção civil e naval, bem como serviços de marcenaria. A espécie floresce durante o ano todo, suas flores são amarelas e brancas e também muito perfumadas. Os frutos amadurecem predominantemente nos meses de março a junho. Esta árvore é indicada para composição de reflorestamentos mistos destinados a recuperação da vegetação de áreas degradadas.

A diretora do Jardim Botânico, Suenia Oliveira, afirmou que não estima o quantitativo das flores por se tratar verdadeiramente de uma mata. “Não é como outros jardins botânicos do país, onde as espécies foram plantadas ou expostas pelo homem. Aqui, temos diferentes espécies de plantas e árvores, com diferentes períodos de floração”, explicou Suenia.

Primavera – Este ano, a estação das flores a começou às 11h21 do dia 22 de setembro em todo o hemisfério sul e terminará no dia 21 de dezembro, quando terá início o verão. Na Paraíba, a previsão da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) é de que as temperaturas variem entre a mínima de 17ºC, no Cariri e a máxima de 36ºC no Sertão.

De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, entre as principais características da primavera estão o aumento gradual da temperatura, dias mais longos e noites mais curtas. “Por estar localizada próxima à Linha do Equador, a Paraíba não sofre variações climáticas muito acentuadas quando da transição de uma estação para outra. Neste período, a temperatura do ar começa a entrar em gradativa elevação até a chegada do verão”, explicou.

Durante os meses de setembro, outubro e novembro, a Paraíba e parte da região Nordeste costumam registrar os menores índices pluviométricos do ano. “A primavera coincide com o período de estiagem, onde as chuvas são bastante reduzidas. No entanto, poderão ocorrer chuvas isoladas”, acrescentou a meteorologista.

Eventos – Desde o último dia 17 de setembro, o Jardim Botânico Benjamin Maranhão realiza a mostra Cores do Jardim, promovida pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). As pinturas estão expostas na área de uso comum do Jardim Botânico e foram inspiradas na fauna e flora do local.

“Esse trabalho vai além das telas pintadas, trazendo os conceitos de sustentabilidade, pois reaproveitamos troncos de madeira apreendidas pelo Batalhão da Polícia Ambiental que estavam sem condições de uso para as outras finalidades”, ressaltou Suenia Oliveira, sobre o material exposto. A exposição é gratuita e ficará disponível para visitação do público nos meses de setembro e outubro, nos horários normais de funcionamento: de terça a sábado, das 8h às 16h30. A ação é de autoria da artista e paisagista Lúcia Nobre e traz pinturas em madeira.

A diretora do Jardim Botânico também afirmou que já estão planejadas para breve mais dois eventos: em comemoração ao dia das crianças, no dia 12 de outubro; e em novembro, mais uma edição do projeto Jardim Educador. Também em novembro, volta a acontecer a Super Trilha, atividade promovida no último sábado de cada mês pelo Jardim Botânico. A trilha é considerada de alta dificuldade e tem aproximadamente três horas de duração, por dentro de quase toda extensão da Mata. A caminhada está suspensa desde abril, pois não é uma atividade apropriada em período chuvoso.

Espaço e atividades permanentes – O Jardim Botânico Benjamim Maranhão é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, classificada como Refúgio de Vida Silvestre (RVS) e funciona de terça a sábado, das 8h às 16h30, com entrada até 15h30. Os ensaios fotográficos e vídeos se encerram às 16h pontualmente. As escolas e grupos com mais de dez pessoas que quiserem visitar o Jardim devem ligar para os telefones: (83) 3218-7880 ou 3218-7881, para realizar agendamento.

Diariamente, acontecem trilhas, pela manhã e tarde, às 9h e às 14h. Para fazer a atividade, é obrigatório usar calça comprida e sapato fechado. No último sábado, nos meses de verão, acontece a Trilha dos Visgueiros (Super Trilha), que sai às 8h30, para as primeiras vinte pessoas que chegarem. Para fazê-la, é necessário levar água, passar repelente, ter bom preparo físico e gostar de caminhadas e aventuras.

No primeiro semestre de 2016, o Jardim Botânico comemorou um bom número de visitação com quase mil visitantes espontâneos. O número de visitas pode diminuir no período chuvoso, mas também cresce devido às férias escolares, portanto, estima-se que o espaço tenha recebido mais de cinco mil visitas este ano.

Jardins botânicos são instituições que mantêm coleções documentadas de plantas vivas, com o objetivo de fomentar a conservação, a exibição e a pesquisa científica, além de promover programas de educação ambiental e o lazer contemplativo. A Mata do Buraquinho possui aproximadamente 515 hectares, dos quais 343ha abrigam o Jardim Botânico, onde a flora revela-se nas atividades recreativas e educativas promovidas no local. Endereço: Av. Pedro II, s/n / Mata do Buraquinho / Torre – João Pessoa – PB, CEP 58040-440.