Fale Conosco

11 de abril de 2018

Iphaep capacita e o grupo Boca de Cena abre a Caravana Ariano Sussuna em Alagoa Grande



Primeiro, eles participaram de uma capacitação com os técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep). Por meio do intercâmbio com o pessoal do Iphaep, aprenderam o que é o patrimônio, o bem cultural, o patrimônio material e imaterial e a diferença entre tombamento e registro. Os atores também entenderam a importância da ação cidadã, no tocante a quem deve cuidar do patrimônio, e conheceram quais são os órgãos responsáveis pela preservação patrimonial na Paraíba. Agora, como resultado dessa oficina educativa, o grupo teatral Boca de Cena estará percorrendo 13 cidades paraibanas para apresentar a Caravana Ariano Suassuna – Patrimônio Nosso. A primeira encenação acontece nesta sexta-feira (13) e sábado(14), em Alagoa Grande.

Na cidade onde nasceu Jackson do Pandeiro e Margarida Maria Alves, e cujo Centro Histórico é delimitado e tombado pelo Iphaep, o grupo Boca de Cena realiza duas atividades. Na sexta-feira, os atores atuam como multiplicadores da ação educativa e patrimonial, realizando um Minicurso Patrimonial. O evento acontece no Auditório do Cras, nos dois horários – das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h -, sendo que as inscrições são gratuitas e devem ser feitas, antecipadamente, na sede da Secretaria de Educação do Município. Nessa rodada de conversa, o púbico-alvo será composto de gestores, professores, pesquisadores e todos aqueles que se comprometam a utilizar o aprendizado e a legislação estadual do Iphaep para preservar o patrimônio de Alagoa Grande.

Já no sábado, a partir das 19h30, o grupo Boca de Cena se encontra com o público em frente ao Teatro Santa Inês. O espetáculo utiliza a linguagem do teatro de bonecos, como um veículo cultural para dialogar com a população, no intuito de que cada cidadão reconheça os bens culturais de sua cidade e passe a defender o rico patrimônio edificado e imaterial de Alagoa Grande. “A Caravana Patrimônio Nosso é um projeto de educação patrimonial vibrante, que faz uma homenagem ao paraibano Ariano Suassuna, dramaturgo, escritor e grande defensor da cultura nordestina”, explica Leonardo W. Barbosa, diretor geral do Boca de Cena.

ANDANÇAS – A Caravana Ariano Suassuna – Patrimônio Nosso vai percorrer do Litoral ao Sertão do Estado, atendendo 13 dos municípios paraibanos que têm Centro Histórico protegido pela legislação estadual do Iphaep. Além de Alagoa Grande, a trupe de teatro vai fazer andanças em Areia, Bananeiras, Cajazeiras, Mamanguape, Pilar, Pombal, Princesa Isabel, Remígio, Rio Tinto, São João do Rio do Peixe, São João do Cariri e Sousa, cujas cidades são preservadas e têm Decreto Estadual de Tombamento. As datas dos demais encontros entre os municípios e a trupe da Caravana Ariano Suassuna ainda estão sendo agendadas.

“Esse trabalho é de suma importância para a educação patrimonial da Paraíba, pois o Boca de Cena utiliza a arte como instrumento educativo, multiplicando o saber com os gestores públicos da localidade”, comenta a diretora executiva do Iphaep, Cassandra Figueiredo. “Num outro momento, o grupo faz, ainda, aquilo que lhe é mais peculiar: a arte em cena aberta”.

Segundo lembra a gestora do patrimônio estadual, com o teatro de bonecos, uma forma lúdica e das mais autênticas da arte popular, “o Boca de Cena promove, junto à população, o sentido do reconhecimento e do usufruto dos bens culturais preservados, tendo como homenageado o paraibano Ariano Suassuna, referência da defesa da nossa Cultura”.