Fale Conosco

28 de maio de 2013

IPC limita atendimento para emissão de carteira de identidade



A partir desta quarta-feira (29) até 7 de junho, as Casas da Cidadania do Estado irão atender até 30 pessoas por dia para confecção de carteira de identidade. A medida se deve a uma grande demanda de confecção de carteiras, por conta do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Somente na última semana, mais de 5 mil carteiras foram expedidas, tendo como consequência a redução do estoque de cédulas de identidade, que será normalizado com a chegada de 500 mil cédulas da Casa da Moeda. Essa quantidade vai suprir o atendimento à população por mais de dois anos.

Nas Casas de Mangabeira e Manaíra, em João Pessoa, o atendimento, que é feito de maneira biométrica, vai continuar de forma normal, apenas a expedição do documento será realizada após a chegada das novas cédulas. Além dessas, existem ainda Casas da Cidadania nos bairros de Jaguaribe e Tambiá, na Capital, e nas cidades de Guarabira, Patos e Campina Grande.

O gerente de Identificação Civil e Criminal do Instituto de Polícia Científica (IPC), Israel Aureliano, confirmou que as novas cédulas devem ser enviadas à Paraíba o mais rápido possível. “Já estamos em contato com a linha de produção da Casa da Moeda, com quem sempre tivemos um bom relacionamento, para que possa nos enviar de maneira emergencial as cédulas de identidade. O pedido foi feito ainda no ano passado, mas houve problemas de orçamento da pasta e cadastro de pessoa jurídica do órgão federal, o que necessitou mais uma autorização da Controladoria Geral do Estado”, explicou.

Aureliano disse ainda que com a chegada de novas cédulas, o órgão terá o suprimento suficiente, graças à disponibilização de uma sala cofre pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social, onde o material será armazenado. “Nos anos anteriores eram compradas 150 mil cédulas”, observou. Atualmente, o IPC confecciona para as Casas da Cidadania aproximadamente 17 mil carteiras por mês.