João Pessoa
Feed de Notícias

IPC implanta serviço de biometria em Campina Grande

quarta-feira, 12 de março de 2014 - 18:36 - Fotos: 

Desde a manhã desta quarta-feira (12), a população de Campina Grande está contando com o serviço de biometria para tirar a carteira de identidade. O processo é mais seguro e é feito a partir da coleta das digitais do cidadão e demora em média 20 minutos. O novo serviço está sendo oferecido pelo Instituto de Policia Cientifica da Paraíba (IPC) na Casa da Cidadania de Campina Grande, que fica próximo ao Açude Velho e dispensa a apresentação de qualquer documento com foto.

Para receber a nova carteira de identidade a pessoa só precisa apresentar o original da certidão de nascimento ou da certidão de casamento. A emissão do documento tem início com a foto digital que é tirada no local, depois são colhidas as digitais e a assinatura eletrônica da pessoa. Em seguida a identidade é entregue sem ser cobrado nenhum valor ao cidadão. O trabalho é feito até o fim por uma mesma pessoa, o que torna o processo mais rápido.

De acordo com o gerente do Departamento de Identificação do IPC, Israel Aureliano, o processo oferece mais segurança porque impede que uma mesma pessoa possa ter vários documentos de identidade usando nomes diferentes. “A biometria também facilita a identificação do cidadão com mais rapidez no banco de dados, impedindo qualquer fraude”, observou.

Este processo já é realizado em duas casas da cidadania de João Pessoa, no Conjunto de Mangabeira e no Manaíra Shopping, e nos municípios de Patos e Pombal.

A Casa da Cidadania de Campina Grande foi escolhida agora para receber o serviço porque é um dos pontos onde o IPC registra o maior número de emissão de carteiras de identidade no Estado, com mais de 100 atendimentos por dia.

Além de poder tirar a carteira usando a biometria, os campinenses também vão poder continuar solicitando no Box do IPC a certidão de antecedentes criminais.

O atendimento ao público é realizado de segunda a sexta das 8h até as 17h.

Até junho, o IPC pretende implantar o serviço em mais duas casas da cidadania de João Pessoa e na cidade de Guarabira, concluindo assim o sistema de cobertura de biometria em toda a Paraíba.