João Pessoa
Feed de Notícias

IPC recebe equipamento semelhante ao do FBI para Laboratório de DNA    

terça-feira, 16 de dezembro de 2014 - 19:12 - Fotos: 

O Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba recebeu mais dois equipamentos que deverão agilizar os procedimentos de exames de DNA realizados no Estado a partir de janeiro. Um dos aparelhos é o sequenciador genético ABI 3500 (Genetic Analyzer), sendo o mais avançado aparelho desse tipo existente no mundo, semelhante ao utilizado pelo FBI, nos Estados Unidos. O outro equipamento é o EZ1 Advenced XL, capaz de processar 14 amostras ao mesmo tempo e apresentar o resultado das análises em cerca de 50 minutos. Os equipamentos foram repassados para o laboratório pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Segundo a gerente do Laboratório de DNA do IPC, Carmem Leda, o equipamento mais moderno que existe no mundo é o ABI 3500 e custa em torno de R$ 400 mil. Ele foi enviado para alguns laboratórios de DNA do Brasil, com o intuito de dar mais celeridade ao processo de exames genéticos. “O sequenciador que recebemos é do modelo 3500 e possui oito capilares. De forma simples, o aparelho vai  trazer mais qualidade ao processo de exames de DNA  bem como vai agilizar o resultado, diminuindo em alguns dias a entrega de laudos”, disse.

Ainda de acordo com Carmem Leda, o sequenciador genético faz parte da última fase para a realização de um exame DNA, denominada de eletroforese. “Os dados levantados a partir de material genético passam por três processos: a extração, a ampliação e por último o eletroforese. É neste último que temos o resultado e com um equipamento de última geração, amplia as possibilidades e acentua a qualidade do teste, bem como diminui o tempo do resultado”, ressaltou.

Em relação ao equipamento EZ1 Advenced XL, a perita informou que ele dará automação na extração do DNA, sendo possível processar até 14 amostras ao mesmo tempo em cerca de 50 minutos. “Isso vai dar celeridade ao processo de investigação, sobretudo na elaboração dos laudos. Com esse equipamento será possível extrair DNA de mancha de sangue, piola de cigarro, ossos e dentes, entre outros elementos que podem ser coletados em local de crime”, destacou.

TREINAMENTO – O laboratório de DNA do Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba é considerado um dos mais completos e modernos do país. Ao todo, trabalham oito peritos no laboratório, que esta semana estão recebendo treinamento com a finalidade de manusear o equipamento EZ1 Advenced XL. Já na primeira semana de janeiro de 2015, eles serão treinados para utilizar o aparelho mais moderno do mundo, o ABI 3500, que deverá acelerar o processo de identificação e confecção de laudos periciais.