Fale Conosco

29 de novembro de 2013

Investimentos em Segurança Pública na PB crescem 51,03%



Os investimentos do Governo da Paraíba em Segurança Pública cresceram 51,03% em três anos. Os valores empenhados na pasta subiram de R$ 562.554.659,07 em 2009 para 849.644.538,04 apenas nos onze primeiros meses deste ano. O total pago também aumentou de R$ 544.353.267,87 em 2009 para R$ 758.151.601,26, um crescimento de 39,27% em três anos.

Somente neste ano, a Polícia Militar recebeu 50 novas viaturas equipadas com celas para reforçar o policiamento nos bairros e comunidades, dois ônibus e três micro-ônibus para o transporte de efetivo. Além dos veículos, a corporação também foi contemplada com três equipamentos elétricos de locomoção, os chamados Segways, utilizados para o policiamento na orla, inclusive com rondas pela areia com o objetivo de prevenir roubos e furtos.

O governador Ricardo Coutinho ressaltou que, após dez anos de crescimento contínuo no número de homicídios, a Paraíba conseguiu, pela primeira vez, reduzir as estatísticas para 8,21% . Ele afirmou ainda que o Governo vem realizando ações para reduzir ainda mais os crimes contra a vida. “Temos uma política de segurança firme com a integração das polícias e a criação das áreas integradas de segurança, contratamos 920 policiais militares, 250 policiais civis, reajustamos os salários das duas categorias, renovamos as viaturas e armamentos, mas a Paraíba não é uma ilha e sofre com os reflexos da escalada da criminalidade no país inteiro”, frisou o governador.

O secretário da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, ressaltou que só este ano o Governo efetuou investimentos em várias áreas da Segurança Pública, abrangendo estrutura, formação e equipamentos. “Hoje, todos os policiais têm armas e coletes e estamos em processo de compra de mais metralhadoras e pistolas. Outro ponto extremamente importante é a formação policial. A nova Academia de Polícia Civil (Acadepol) foi inaugurada e desde antes já realizava cursos com foco em polícia comunitária e direitos humanos, assim como a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. As polícias Civil e Militar receberam novas viaturas. Em breve a Polícia Civil receberá mais 60 veículos, por exemplo”, lembrou o secretário.

O chefe da pasta também citou outros investimentos, como a construção do Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp) de Mangabeira, que está em andamento, as obras da Corregedoria Geral de Polícia, reformas de delegacias em todo o Estado. “O Instituto de Polícia Científica (IPC) recebeu um Núcleo em Guarabira e terá uma unidade em Campina Grande”, frisou Cláudio Lima, acrescentando que estão garantidos para 2014 R$ 80 milhões do Governo Federal para serem aplicados em Segurança na Paraíba.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller de Assis Chaves, informou que o conjunto de investimentos na corporação supera R$ 50 milhões envolvendo a logística, recursos humanos, fardamentos, armas, viaturas, munição. “A Polícia Militar tinha, por exemplo, em torno de 1.200 pistolas e hoje já tem mais de 5 mil unidades. Os coletes balísticos eram 1,5 mil, hoje são mais de 6 mil. A Polícia Militar que temos hoje tem estruturas diferenciadas no que diz respeito à condição de trabalho. Os policiais estão capacitados tecnicamente. A formação continuada de praças e oficiais é uma constante nesse governo”, afirmou o coronel.

O comandante falou ainda sobre a implantação do primeiro pelotão de Polícia Ambiental Embarcado, que vai ser inaugurado neste sábado (30), pelo governador Ricardo Coutinho. A nova modalidade de policiamento vai atuar nos rios, lagos utilizando três jet-skys e duas embarcações, além de um helicóptero para o policiamento ostensivo. O coronel fez questão de ressaltar ainda a criação e instalação da Polícia Solidária, que coloca a PM mais próxima da comunidade. “Hoje são nove unidades na Capital e duas em Campina Grande. Mais três serão instaladas em Campina, Guarabira e Bayeux. Onde existem as UPS a média de redução do crime violento chega a 16%”, frisou o comandante da PM.