Fale Conosco

23 de agosto de 2011

Interpa e Incra discutem regularização fundiária de 3 mil famílias



Uma equipe do Incra, com profissionais de Brasília e da unidade estadual do órgão, se reunirá com representantes do Instituto de Terras e Planejamento Agrícola da Paraíba (Interpa), nesta quarta-feira (24), às 14h30, para debater a regularização fundiária de 3 mil famílias do município de Monteiro. A reunião será na sede do Interpa.

Trezentas famílias do município já tiveram os terrenos dimensionados pelos técnicos do Interpa. “Essa foi a primeira etapa do convênio que temos com o Incra. Começaremos agora a segunda etapa”, disse o presidente do Interpa, Nivaldo Magalhães, acrescentando que o convênio com o Incra foi renovado até julho de 2012.

Segundo ele, o processo faz parte da regularização das áreas territoriais pertencentes às famílias de Monteiro, que receberão os títulos de posse de terra depois de concluído o serviço. “As famílias esperam com ansiedade o término da segunda etapa, para assim receberem seus títulos. Vamos agilizar o dimensionamento para que isso seja feito o mais breve possível”, disse Nivaldo.

Viagem a Natal – Na quinta-feira (25), o presidente do Interpa e outros representantes do Instituto viajarão ao Rio Grande do Norte. Em Natal, a equipe se reunirá com técnicos da Secretaria de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara) para discutir a prática de regularização fundiária naquele Estado.

“O exemplo do Rio Grande do Norte vai nos ajudar a executar as ações em Lagoa Seca e em Remígio, primeiros municípios a serem dimensionados via satélite com  o novo convênio firmado entre a Paraíba e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, através da Secretaria de Reordenamento Agrário”, disse Nivaldo Magalhães. “Vamos debater também o reordenamento político-administrativo nas divisas da Paraíba com o Rio Grande do Norte, a fim de evitar as vias judiciais dos municípios envolvidos”, concluiu.