Fale Conosco

7 de março de 2013

Interpa comemora dia da mulher com entrega de títulos de propriedade a trabalhadoras rurais



Cerca de 40 trabalhadoras rurais da região de Água Branca, no sertão do Estado, recebem, nesta sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, os títulos definitivos de posse e de domínio da terra onde moram, como parte das comemorações do Governo do Estado, por meio do Instituto de Terras e Planejamento Agrícola da Paraíba (Interpa). O evento também vai contar com distribuição de palma resistente à cochonilha do carmim, numa ação integrada com a Emater.

Ao todo, 115 famílias vão receber os títulos de posse e de domínio, sendo 39 para mulheres. “Muitas dessas famílias esperavam os títulos de terra há mais de 10 anos e agora ganham a posse definitiva sem nenhum custo para isso”, revelou Nivaldo Magalhães, presidente do Interpa. “Essa foi uma forma de homenagear os trabalhadores rurais num mês tão significativo, que tem o Dia Internacional da Mulher e o Dia de São José (19), símbolo de esperança para o homem do campo à espera de chuva”, comentou.

O evento em Água Branca começa às 8h, no Ginásio Poliesportivo da cidade. “Será uma grande festa, que deve se estender até a tarde, quando a Prefeitura também realiza uma solenidade para as mulheres da região”, disse Nivaldo. O evento terá emissão de Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP), assinatura de contratos com o PNAE Municipal e serviços como corte de cabelo, manicure, maquiagem e concurso da mais bela Mulher Rural.

Distribuição de palma – Numa ação integrada com a Emater, também haverá entrega de palmas resistentes à cochonilha do carmim (praga que prejudica a plantação). Serão distribuídas aproximadamente 140 mil raquetes de palma para os agricultores familiares.

A entrega beneficiará mais de 200 produtores rurais das cidades de Manaíra, Princesa Isabel, São José de Princesa, Tavares, Juru, Água Branca, Imaculada, Maturéia, Teixeira, Desterro e Cacimbas. O cadastro e divulgação da entrega foram feitos pela Emater Regional de Princesa Isabel. A ação tem como objetivo auxiliar o agricultor familiar no enfrentamento aos efeitos da estiagem.

Meta – Lançado no último dia 15 de fevereiro pelo governador Ricardo Coutinho, o Programa Palma Resistente distribuirá, em sua primeira etapa, 4,5 milhões de raquetes de palma resistente à cochonilha do carmim, beneficiando cerca 4.500 produtores de todo o estado. A ação representa um investimento de R$ 3,5 milhões.