João Pessoa
Feed de Notícias

Interpa capacita técnicos da Emater para prestar assistência a assentados

quinta-feira, 8 de outubro de 2009 - 18:15 - Fotos: 

O Instituto de Terras e Planejamento Agrícola da Paraíba (Interpa) promove nesta sexta-feira (9), a partir das 9h, uma oficina de nivelamento para 25 técnicos representantes dos escritórios regionais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB). O evento ocorre em Campina Grande, no escritório regional da Emater, e os participantes serão orientados sobre a operacionalização do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), principalmente a respeito das novidades deste ano da linha de financiamento Combate à Pobreza Rural (CPR), que atende às camadas mais necessitadas da população rural.

O coordenador estadual do PNCF, Alberto Sérgio Onofre, dentre as principais mudanças da linha CPR a equipe técnica do Interpa vai apresentar as novidades do financiamento que antes era proveniente de acordo de empréstimo com o Banco Mundial e agora passa a ser financiada com recursos do Tesouro Nacional. Além disso, os jovens com até 28 anos, as mulheres e os negros terão um adicional de R$ 1.000,00 na parcela dos investimentos comunitários.

Ele adiantou que outra novidade é o acréscimo adicional para os projetos no semi-árido, que de R$ 2 mil passou a R$ 3 mil. “Já os tetos de financiamento por família que antes tinham um limite de R$ 16 mil aumentaram para R$ 27 mil”, informou.

Objetivos – O Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) foi criado em 2003 para democratizar o acesso à terra, criar mais empregos no campo, evitar o êxodo para as cidades, incentivar a agricultura familiar em bases sustentáveis e diminuir a pobreza rural. Um de seus objetivos é facilitar as condições dos trabalhadores e das trabalhadoras do campo para a obtenção do crédito destinado a compra do seu imóvel.

Dentre as linhas de financiamento oferecidas pelo programa está a de Combate à Pobreza Rural (CPR), que contempla os trabalhadores rurais sem terra, pequenos produtores rurais com acesso precário à terra e proprietários de minifúndios (imóveis cuja área não alcance a dimensão da propriedade familiar).

O presidente do Interpa, Álvaro Dantas, revelou que para o período 2009/2010, o Governo do Estado através do Interpa, e em parceria com o Governo Federal, vai fazer a contratação de 150 propostas de financiamento pelo PNCF, com a aquisição de 37.500 hectares de terras, a fim de assentar 1.500 famílias de pequenos agricultores paraibanos com a aplicação de recursos financeiros na ordem de R$ 45 milhões.

Da Assessoria de Imprensa do Interpa