Fale Conosco

25 de junho de 2009

Internos e servidores dançaram quadrilha para comemorar aniversário



O Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira, em João Pessoa, está completando 81 anos e, para marcar a data nesta quinta-feira (25), a diretoria interditou a rua ao lado da unidade para apresentação da quadrilha junina ‘Coroné Juju’, formada por internos e servidores. A programação, que aconteceu na Rua Subtenente Manoel Gato, no Bairro da Torre, também incluiu a apresentação da banda ‘Caronas do Opala’.

Nesta sexta-feira (26), às 9h, o psiquiatra Tiago Formiga fará palestra no Juliano Moreira sobre o tema ‘Perspectiva do Hospital Psiquiátrico no Século XXI’.

“Temos muito o que comemorar, porque ao longo dos anos o tratamento dos pacientes evoluiu muito. No passado, acreditava-se que o isolamento era a melhor solução e, com isso, eles eram excluídos da sociedade e acabavam abandonados pela família. Hoje, o entendimento é outro e trabalhamos em parceria com as famílias, realizando atividades sócio-terápicas. O objetivo é fazer com que o paciente fique internado o menor tempo possível”, disse Clélia Lucena, diretora-geral do hospital.

O Juliano Moreira realiza atendimento psiquiátrico, psicoterapias de grupo e individual, atendimento familiar, visita domiciliar e atividades sociais. O hospital, que possui mais de 200 internos, foi fundado no dia 23 de junho de 1928 e, atualmente, faz parte do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, criado em 8 de abril de 1997. O complexo inclui ainda o Sanatório Clifford e o Ambulatório Landoaldo Falcão.

O hospital realiza consultas e internações e atende adolescentes e adultos de ambos os sexos. A equipe de profissionais trata casos de psicose, neurose, depressão e dependência química (álcool e drogas).

Assessoria de Comunicação da SES/PB