Fale Conosco

11 de janeiro de 2014

Inflação sobe 0,97% no mês de dezembro em João Pessoa



O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade de João Pessoa apresentou uma variação média de 0,97% no mês de dezembro, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme) nessa sexta-feira (10). Com esse resultado, o acumulado inflacionário durante o ano ficou em 11,26%.  Nesse mês, as maiores variações ficaram por conta dos grupos Alimentação (1,60%) e Vestuário (2,92%).

No grupo Alimentação, foram registrados os maiores aumentos de preços em itens como: tubérculos e raízes leguminosas (7,86%), óleos e gorduras (3,07%), carnes frescas, vísceras (2,23%), bebidas não alcoólicas e infusões (2,21%), frutas (1,89%) e pescado (0,71%), enquanto que as maiores variações negativas aconteceram nas hortaliças e verduras (4,48%), nos enlatados e conservas (3,69%), nas farinhas féculas e massas (2,25%), no sal e condimentos (1,54%), nas aves e ovos (1,24%) e nos açúcares e derivados (0,94%).

Já no grupo Vestuário, os itens que mais influenciaram a taxa, com variações positivas, foram roupa de homem (7,77%),  joias e tecidos (5,13%), calçados e bolsas (3,00%), roupa de mulher (2,65%) e roupa de criança (1,68%). Nos demais grupos que compõem Índice de Preços ao Consumidor (Saúde, Transporte, Serviços Pessoais e Habitação) as variações positivas ficaram entre 0, 45% e 1,16%. O grupo Artigos de Residência continuou estável.

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, os produtos cujos preços apresentaram variações mais significativas em dezembro foram: táxi (40,00%), camarão salgado (30,80%), camisola (28,54%), cebola (27,79%), batata inglesa (21,26%), toucinho (20,53%), cenoura (17,83%), bota masculina (17,02%), abóbora (16,64%), short masculino (16,07%), tomate (15,98%), peixe congelado (14,29%), laranja (13,79%), saia (13,43%), vestido de mulher (12,21%), ferro elétrico (11,82%), mamão (11,63%), meia masculina (11,51%) e carne de bode (11,34%).