João Pessoa
Feed de Notícias

Indústria quer instalar Centro de Referência em Pecuária Leiteira na PB

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 - 15:50 - Fotos:  Roberto Guedes / Secom-PB

Durante audiência na manhã desta quinta-feira (17) com o governador Ricardo Coutinho, no Palácio da Redenção, o empresário Marcos Guedes, da indústria Laticínio Belo Vale, apresentou projeto de criação de um Centro de Referência para a Pecuária Leiteira na região das Várzeas de Sousa, no Sertão paraibano.

Marcos Guedes disse que a idéia do projeto é criar um centro que possa formar os produtores de leite da região sobre gestão, mercado e manejo do leite.  O centro seria estruturado com uma indústria de ração e, em um segundo momento, com uma indústria de leite tipo longa vida.

O empresário afirmou que experiências como estas foram adotadas com sucesso em Goiás e têm tudo para dar certo também na Paraíba. “A meta é criar uma mentalidade de gestão junto aos produtores, possibilitando o aumento e melhoria da qualidade da produção do leite no Sertão, que é uma das regiões mais propícias do Estado para a pecuária leiteira”, explicou Guedes.

O governador Ricardo Coutinho ressaltou que interessa  ao governo apostar no desenvolvimento da pecuária no Sertão, que detém 47,2% da produção leiteira do Estado. Ele destacou que o empresário Marcos Guedes é um empreendedor de visão e que engrandece a Paraíba ao consolidar a indústria de Laticínio Belo Vale, nascida em Sousa, e com filial em Jaboatão dos Guararapes, como uma das maiores do Nordeste.

A presidente da Cinep, Tatiana Domiciano, que também participou da audiência, destacou que o governo do Estado vai ser parceiro através da secretaria de Agropecuária e Pesca e da própria companhia de industrialização para concretizar a ideia. “É um projeto que entra no contexto da interiorização do desenvolvimento da Paraíba, neste caso em Sousa, onde a Belo Vale já está consolidada e pode consolidar a região como referência da produção leiteira”, completou.

A indústria Laticínio Belo Vale, produtora da marca Isis, está finalizando o projeto de ampliação em Sousa, que até 2015 vai triplicar a produção que hoje é de 80 mil litros de leite processados por dia. A previsão é que a partir de março a fábrica possa operar com sua capacidade ampliada, saindo dos atuais 370 para 420 funcionários.

O investimento no empreendimento foi de R$ 12 milhões.  De acordo com Marcos Guedes, o grupo decidiu investir na cidade de Sousa por ser a sede da empresa e por estar em posição estratégica para a distribuição dos produtos num raio de 360º, ou seja, para a Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e parte de Pernambuco.

A empresa Belo Vale comercializa em vários estados do Nordeste produtos à base de leite, como iogurtes, bebidas lácteas, bebidas à base de frutas, chás, requeijão cremoso, queijo mussarela, ricota, manteiga, nata e doce de leite.