João Pessoa
Feed de Notícias

Incentivados pela Emater agricultores querem criar peixes e camarão

quinta-feira, 23 de novembro de 2017 - 11:19 - Fotos:  Secom-PB

Agricultores familiares das regiões do Brejo e do Agreste assistidos pela Emater-PB estão ampliando suas atividades rurais com a implantação de pequenos criatórios de peixes e de camarão como mais uma fonte de renda. Para tanto, buscam mais conhecimentos e orientação técnica, além de mercado fornecedor de ração e de comercialização da produção.

Compreendendo essa visão do agricultor, o Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, buscou parceria junto a Guaraves, empresa paraibana que industrializa e comercializa ração animal, e surge com a perspectiva de adquirir a produção.

Pelo menos três grupos de agricultores assessorados pela Emater neste semestre já visitaram o parque de produção de ração da Guaraves e as instalações de viveiros de camarão, que se encontram em fase de construção nas proximidades de Guarabira, onde está instalada a indústria.

Nesta semana, um grupo de nove agricultores interessados no cultivo de camarão, acompanhados por quatro extensionistas rurais, visitaram o empreendimento, sendo recebido pelo empresário Ivanildo Coutinho, que mostrou as instalações da mesma e colocou toda a estrutura da empresa à disposição para firmar parcerias.

A iniciativa tem por objetivo aumentar os conhecimentos acerca da atividade da carcinicultura, recebendo informações sobre o combate da mancha branca, patologia viral que ataca os camarões, podendo causar prejuízos ao criador. Durante a visita, foi possível esclarecer dúvidas com a equipe técnica da Guaraves.

A visita foi um momento de grande aprendizado para todos. Contudo, a Emater tem sido uma parceria importante na condução deste projeto uma vez que está articulada com a equipe estadual da Emater, na pessoa do Engenheiro de Pesca Elton Cunha e toda a equipe.
Integravam a comitiva, o assessor regional George Firmino, o Médico Veterinário Alexandre Marques, e os Engenheiros Agrônomos Geilson Dias e Alex Pacheco, além de nove agricultores da região de Guarabira, dos quais dois já cultivam camarão e os demais demonstram interesse em iniciar essa atividade.