João Pessoa
Feed de Notícias

Inauguração de ambulatório e entrega de equipamentos marcam os 70 anos do Arlinda Marques

terça-feira, 29 de setembro de 2015 - 11:27 - Fotos:  Ricardo Puppe

O Governo do Estado inaugurou, na tarde dessa segunda-feira (28), a reforma e ampliação do Ambulatório Especializado da Criança Dr. João Medeiros, no Complexo de Pediatria Arlinda Marques. O evento, em comemoração aos 70 anos da unidade de saúde, contou com a presença da vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano; da secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath; da gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Renata Nóbrega; presidente do Conselho Estadual de Saúde, Eduardo Cunha, além de representantes dos 16 hospitais contemplados com equipamentos de Sala de Hidratação, para pacientes com suspeita de dengue. O Governo do Estado investiu R$ 222.632,80 na aquisição dos equipamentos.

Durante a inauguração, também foi realizada a entrega de uma ambulância de suporte avançado, através de contrato de locação, com investimento de R$ 20 mil por mês pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Houve ainda uma homenagem aos nove servidores mais antigos e a apresentação de crianças do Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima).

A vice-governadora do Estado, que representou o governador Ricardo Coutinho, destacou o trabalho que o governo vem realizando em prol da saúde dos paraibanos. “Nesse aniversário de 70 anos do Arlinda Marques, o Governo do Estado vem trazendo muitas ações, presenteando com essa Unidade Móvel de UTI, que tenho certeza, não representa apenas um equipamento, mas um veículo para salvar vidas, abreviar sofrimentos e dar mais condições de trabalho aos profissionais desta instituição. Além isso, o Governo do Estado vem dedicando muitas obras e ações à saúde da Paraíba. Sabemos que ainda temos muito o que fazer, mas hoje, como paraibana, sinto orgulho de fazer parte desse governo, que trabalha de maneira séria, comprometida, com competência e determinação”, disse Lígia Feliciano.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, falou sobre a importância histórica do hospital e sobre o trabalho humanizado que vem sendo realizado pela SES. “Esse hospital surgiu há 70 anos, no pós-guerra mundial, como um local que pudesse prover atendimento às crianças, e ainda hoje continua firme com seu lema de ‘um pacto de amor às crianças’. Hoje, à frente da pasta da saúde, quero deixar de legado deste governo que vive para o trabalho, a humanização nas mãos do profissional, saindo do amor que eles têm pelo que fazem.  Nas visitas presenciais que nós temos feito, sem avisar, procurando perceber as fragilidades enfrentadas pelos profissionais, as queixas dos pacientes, nós encontramos aqui no Arlinda Marques, apesar de todas as adversidades profissionais, a alma deste hospital, que vem servindo àinfância desde sua inauguração. Aqui nós temos a verdadeira promoção à vida, com muito amor pelo que se faz”, disse a secretária.

O diretor geral da unidade do Complexo de Pediatria, Bruno Leandro de Souza, falou sobre os serviços oferecidos pelo hospital e sua importância para as crianças paraibanas. “O hospital está em pleno desenvolvimento da sua fase de alta complexidade, sendo destaque em neurocirurgias pediátricas, fazendo cirurgias de tumores, colocação de válvulas, correção de deformidades no sistema nervoso central. O Arlinda Marques é um dos hospitais de referência para cirurgia cardíaca infantil, através da rede de Cardiologia Pediátrica. Hoje somos o principal hospital de acompanhamento clínico e cirúrgico da criança com cardiopatia congênita, também sendo destaque na área de ortopedia, cirurgia plástica, entre outras. Por tudo isso, é uma enorme satisfação estar aqui comemorando essa data e reafirmar nosso compromisso de continuar fazendo do nosso lema de ‘pacto de amor com a criança’ uma realidade”, disse Bruno Leandro.

A gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Renata Nóbrega, fez a entrega dos equipamentos para sala de hidratação. “Esses equipamentos darão uma melhor cobertura na assistência ao paciente com suspeita de dengue. São 16 hospitais contemplados com equipamentos, um investimento de mais de R$ 300 mil pelo Governo do Estado, que tem esse cuidado desde a Atenção Básica até quando se chega à rede hospitalar. Hoje todo o Estado da Paraíba está sendo contemplado nessa ação, que possibilita que cada vez mais a gente tenha um atendimento mais humanizado, de mais qualidade para o usuário”, explicou Renata.

Os equipamentos recebidos para Sala de Hidratação são suporte de soro, poltrona, mesa, esfignomamômetro adulto, esfignomamômetro infantil, estetoscópio adulto e estetoscópio infantil. Os hospitais contemplados são: Hospital Arlinda Marques, Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, Hospital Edson Ramalho, Hospital Regional de Guarabira, Hospital de Trauma de Campina Grande, Hospital Regional de Picuí, Hospital Regional Santa Filomena (Monteiro), Hospital Regional Janduhy Carneiro (Patos), Hospital Infantil Noaldo Leite (Patos), Hospital Regional Wenceslau Lopes (Piancó), Hospital Senador Rui Carneiro (Pombal), Hospital Regional de Sousa, Hospital Regional de Cajazeiras, Hospital Regional de Princesa Isabel, Hospital Regional de Itabaiana e Hospital Regional Dr. José Américo Maia de Vasconcelos (Catolé do Rocha). Além desses equipamentos, o Hospital Arlinda Marques recebeu um ventilador de transporte, dois oxímetros de pulso e três monitores Multi-parâmetros.

O Hospital – O Complexo de Pediatria Arlinda Marques é formado pelo Hospital Arlinda Marques, o Ambulatório Especializado da Criança Dr. João Medeiros, anexo e administração. Na reforma do ambulatório foram investidos R$ 140 mil pra uma readequação do sistema hidráulico e elétrico, como também uma reforma estrutural em suas salas e ampliação, além da aquisição de mobiliário e equipamentos, buscando atender com mais conforto a população. “As atividades do ambulatório reiniciaram no dia 21 de setembro com essa nova reestruturação. Lá são atendidas 14 especialidades pediátricas, todas elas voltadas para alta complexidade. Além disso, também é realizado atendimento de fisioterapia, psicologia, nutrição, entre outras áreas relacionadas à saúde” explicou o diretor geral da unidade hospitalar.

O hospital conta com 83 leitos, sendo 13 de Unidade de terapia Intensiva. Esses leitos servem tanto às enfermidades de uma forma geral, como também a parte neurocirúrgica e cardiológica. Lá também é realizado o serviço de ultrassonografia.

Este ano o Complexo de Pediatria Arlinda Marques realizou mutirões de neurocirurgias, sendo 41 procedimentos, totalizando R$ 850 mil em investimentos do Governo do Estado. De acordo com o diretor da unidade, são atendidas na emergência cerca de três mil crianças por mês, havendo picos de atendimentos de mais de 4.500 crianças/mês em alguns períodos do ano.