João Pessoa
Feed de Notícias

Imunizante já faz parte do calendário de vacinação e estará disponível nos postos de saúde

quinta-feira, 4 de março de 2010 - 11:30 - Fotos: 
A Paraíba deve imunizar 91 mil crianças contra a meningite e a pneumonia, a partir da próxima segunda-feira (8). A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu, esta semana, do Ministério da Saúde as doses da vacina pneumocócica 10-valente, que passou a fazer parte do calendário vacinal da criança, recentemente. As vacinas estão sendo distribuídas para os municípios e deverão estar disponíveis nos 1.007 postos de vacinação do Estado, na próxima semana.

O coordenador de imunização, Walter Albuquerque, explicou que não se trata de uma campanha e que a vacina estará disponível na rotina nos postos de saúde. “É importante que os pais levem seus filhos menores de 2 anos de idade, o quanto antes, para serem vacinados, porque eles estarão protegidos não só da pneumonia e meningite, mas também de outras doenças, como otites e artrites. O componente da vacina é responsável por imunizar a criança contra, aproximadamente, 70% dos tipos de meningites”, lembrou.

A imunização infantil contra o pneumococo vinha sendo feita no Brasil com outra vacina, a Prevenar 7-valente, somente em casos especiais. Ela estava disponível na rede pública apenas para crianças com quadro clínico diferenciado (com HIV, câncer, asma, problemas renais, síndrome de Down e outros) ou em clínicas particulares.

Este ano, o Ministério da Saúde autorizou a distribuição das doses para a rede pública da vacina pneumocócica 10-valente. Walter Albuquerque, disse que a vacina é indicada para imunização ativa de crianças a partir de seis semanas a 23 meses. “A vacina tem administração intramuscular e deve ser feita de preferência na coxa”, acrescentou.

 
Imunização – Segundo Walter Albuquerque, o esquema de vacinação incluído no calendário básico deve ter um intervalo de três doses a cada dois meses, quando a criança tem menos de um ano. Quando a criança tem entre 12 a 23 meses, ela só necessita tomar uma dose da vacina pneumocócica.
        
Dados do Ministério da Saúde (MS) mostram que, entre 2000 a 2008, mais de 7,1 milhões das internações por pneumonias foram de crianças com menos de cinco anos de idade. Ainda segundo o MS, o pneumococo vem se apresentando como principal causador de infecções em recém-nascidos e em crianças até dois anos de idade.  

 

Assessoria de Imprensa da SES-PB