João Pessoa
Feed de Notícias

Imeq-PB inspeciona medidor de velocidade em veículos e Inmetro elogia modelo da operação

quinta-feira, 23 de março de 2017 - 18:01 - Fotos:  Divulgação

O Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq-PB) já inspecionou tacógrafos – medidor de velocidade, distância e tempo de uso – de mais de 400 veículos nas principais rodovias federais que cortam o Estado. A ação teve início nessa quarta-feira (22) e segue até esta sexta-feira (24), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que elogiou a forma como a operação vem sendo conduzida pelo Imeq-PB e pretende aplicar o modelo em outros Estados.

Muito utilizado por empresas de transporte (ônibus e caminhões), veículos escolares e de fretes, o tacógrafo, além de monitorar se os motoristas excederam a velocidade permitida por lei de 80km/h, avalia quanto tempo o motorista passou dirigindo, bem como seu intervalo para descanso. As informações funcionam como uma “caixa-preta” contidas em um disco-diagrama feita de papel carbono e com capacidade para armazenar informações de um dia, semanas ou até períodos mais longos, dependendo da versão do aparelho.

De acordo com o superintendente do Imeq-PB, Arthur Galdino, a revisão do dispositivo deve ser feita a cada dois anos com a comprovação da lacração, selagem e certificado. “Intensificamos recentemente as fiscalizações, passamos por mais de 20 cidades paraibanas e estamos fazendo um trabalho de forma periódica, o que nos dá a margem de uma média de 4 mil veículos por mês. Em apenas dois dias de operação, conseguimos verificar 400 veículos, sendo 60 autuados”, confirmou.

Ele acrescentou ainda que o valor da multa gira em torno de R$ 1 mil, se não for reicindente. “Para certificar o produto custa apenas R$ 249, mais barato do que a multa, além de evitar a multa e, principalmente, acidente. Nosso objetivo é conscientizar os motoristas que, em caso de irregularidades, procurem a sede do Imeq, em Mangabeira, ou qualquer posto creditado pelo Inmetro em território nacional”, acrescentou Arthur.

O representante regional do Inmetro no Nordeste, Maykon Danilo, acompanha a operação com mais 20 fiscais e relatou que a Paraíba é pioneira na inspeção. “Nossos caminhoneiros têm uma carga de trabalho bem intensa. Recentemente, identificamos que um deles dirigiu por 24 horas e parou apenas duas horas para descanso. O déficit no Brasil atualmente é de 60%. Por isso, viemos à Paraíba conhecer o trabalho do Imeq para aplicarmos em outros Estados e, assim, ajudar a diminuir o número de acidentes nas estradas e proteger a vida dos cidadãos”, relatou.

 

Outras fiscalizações – O serviço desenvolvido pelo Imeq-PB está presente no dia a dia dos setores da indústria, comércio e serviço, especialmente na vida do cidadão comum, garantindo a confiabilidade das medições, relações de consumo mais justas, assim como contribui para melhoria da competitividade das empresas locais.

Atualmente, os ficais do Imeq-PB fiscalizam os materiais escolares nas papelarias, os eletrônicos no comércio, o peso dos alimentos contidos nas embalagens e a vazão das bombas de combustíveis nos postos de gasolina.

O Imeq-PB está vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (SETDE) e compõe a Rede Brasileira de Metrologia e Qualidade (RBMLQ-I), com ações direcionadas para orientação e verificação, conforme as metas pactuadas com um Convênio de Cooperação Técnica e Administrativa celebrado com o Inmetro.

Serviço - A sede do Imeq está localizada na Avenida Hilton Souto Maior, nº 4180, Mangabeira VII, em João Pessoa. Já a Agência Regional fica na Avenida Rio Branco, nº 578, Prata, em Campina Grande. Telefone: (83) 3321-2191 e Ouvidoria: 0800 281 7411.