Fale Conosco

31 de março de 2015

Imeq não constata irregularidades em produtos da Páscoa



Operação realizada pelo Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq), órgão delegado ao Inmetro, não constatou nenhuma irregularidade nos 28.120 produtos fiscalizados, entre ovos de páscoa e brinquedos, que acompanham os itens. As ações do Imeq ocorreram em João Pessoa e em Campina Grande.

 De acordo com a coordenadora do órgão, Pollyana Nóbrega Feliciano, o objetivo da operação foi oferecer segurança ao consumidor durante as compras de Páscoa. “É um período de grande visibilidade. Por isso, um grande número de pessoas costuma ir às compras. Portanto, é necessário que atuemos de forma a dar segurança ao consumidor paraibano”, afirmou.

Nos ovos de páscoa, foi fiscalizado se o peso correspondia ao certificado na embalagem do produto. Já com relação aos brinquedos que acompanham os ovos, os fiscais verificaram se os itens tinham certificado do Inmetro. “Nessa parte, que compete ao Núcleo de Verificação de Qualidade, podemos afirmar que nenhuma irregularidade foi encontrada. Isso é muito salutar, já que o consumidor pode ir às compras sem receio”, afirmou Iremar Villarim, chefe do setor.

Metodologia – De acordo com Evandro Raimundo Araújo, chefe do Núcleo de Pré-medidos do Imeq, a coleta dos ovos de páscoa obedece a critérios e portarias do Inmetro. Para cada 50 produtos de uma determinada marca, são recolhidas 13 unidades. “A quantidade de ovos recolhidos para análise foi de cerca de 300 nesta operação. Podemos afirmar que é uma amostra muito bem estabelecida e que traz segurança ao resultado. Portanto, o consumidor está sendo respeitado no que concerne aos seus direitos pelas grandes marcas de ovos de chocolate”, disse.

Uma vez recolhidos os ovos de páscoa das prateleiras dos supermercados, os representantes da marca são comunicados para acompanhar todo o processo de pesagem. “É outra ação que temos de tomar para que o resultado final não venha a ser contestado posteriormente. Porém, o que temos percebido nos últimos anos é que as marcas, principalmente as grandes, têm respeitado o consumidor”, afirmou Evandro Raimundo.

De acordo com Pollyana Nóbrega, as ações do Imeq são rotineiras. “Estamos cumprindo o nosso papel de órgão fiscalizador, delegado ao Inmetro, todos os dias. Claro que, em datas festivas como a Páscoa, intensificamos nossas ações. Mas, todos os dias, realizamos operações, sejam em postos de combustíveis ou em qualquer outro setor, por exemplo. Tudo isso para garantir que o consumidor paraibano não seja lesado”, finalizou.

Quem tiver qualquer denúncia para fazer, basta ligar para o número 3215-700 e falar com a ouvidoria do Imeq.