Fale Conosco

11 de fevereiro de 2015

Imeq inspeciona mais de 11 mil produtos durante Operação Boa Viagem



A operação especial Boa Viagem, realizada pelo Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq), fiscalizou mais de 11 mil produtos utilizados por condutores e passageiros. As ações aconteceram durante a primeira semana de fevereiro nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras e Patos. Ao todo, 100 estabelecimentos comerciais foram visitados.

Os itens de segurança averiguados pelos fiscais do Imeq foram capacete, dispositivo de retenção para criança (cadeirinhas acopladas para assentos de carros), pneus (novos, reformados e de motocicleta), rodas automotivas, vidro de segurança (temperado e laminado), e o agente redutor líquido automotivo (Arla-32), que é um reagente químico. Todos os 11.275 produtos verificados pelos fiscais estavam com o certificado do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), como exige a lei.

O gerente do Núcleo de Verificação da Qualidade do Imeq-PB, Iremar Villarim, ressaltou que o resultado da fiscalização é considerado positivo para o consumidor. “Não detectamos qualquer irregularidade nessas cidades. Isso mostra que o comércio varejista está mais atento ao certificado do Inmetro. É bom para o consumidor, que está adquirindo um produto de qualidade, testado e aprovado em laboratório”, afirmou.

Apesar da operação especial Boa Viagem ter acontecido de 2 a 6 de fevereiro, as fiscalizações rotineiras do Imeq continuam. “Realizamos a ‘Operação Boa Viagem’ porque muita gente viaja durante o carnaval. Mas fazemos fiscalizações rotineiras em mais de 500 itens que estão submetidos à exigência do certificado do Inmetro. Esse ano outros produtos deverão entrar nessa relação”, explicou Iremar.

Números da operação – Ao todo, 11.275 produtos foram verificados durante a operação especial Boa Viagem. A maior parte desse número (4.256) foi de pneus (novos, reformados e de motocicleta). Com relação aos capacetes, os fiscais do Imeq examinaram 4.181 unidades.

Também foram fiscalizadas 1.320 rodas automotivas; 257 reagentes Arla 32; 61 dispositivos de retenção para crianças; além de 600 vidros de segurança temperado e mais 600 do tipo laminado.