João Pessoa
Feed de Notícias

Ilha do Bispo ganha Núcleo Policial Comunitário, a partir desta quarta

terça-feira, 29 de setembro de 2009 - 18:59 - Fotos: 

O Núcleo Integrado de Policiamento Comunitário da Ilha do Bispo, em João Pessoa, será inaugurado nesta quarta-feira (30), às 10h30, com as presenças do governador José Maranhão e do secretário da Segurança e da Defesa Social (Seds), Gustavo Ferraz Gominho, entre outras autoridades, e a comunidade. A implantação do Núcleo é resultado de uma parceria entre a Seds e a fábrica de cimento Cimpor, localizada naquele bairro.

“A empresa foi responsável pela construção do prédio, cedido à Segurança em regime de comodato, durante quatro anos renováveis”, explicou Gustavo Gominho, acrescentando que a Seds foi responsável por equipar o local com móveis, telefone, computadores e impressora.

Com 128 metros quadrados de área construída, a obra fica localizada na Rua Alfredo Portela e está dividida em diversos ambientes, entre eles sala para delegado, sala para escrivão, copa, sala de descanso para os policiais, duas celas e ainda banheiro adaptado para portadores de necessidades especiais e de fácil acesso fácil para cadeirantes.

“Acreditamos que a construção aconteceu em local um estratégico, por ficar na entrada do bairro, próximo ao Centro e à saída para a PB-230 e Via Oeste. A decisão foi tomada em parceria com a comunidade, através de reuniões realizadas semestralmente”, observou o gerente Administrativo da Cimpor, Oswalter Izídio.

O Núcleo Integrado Policial Comunitário vai contar com uma equipe composta por um escrivão, agentes de investigação da Polícia Civil e policiais militares, todos chefiados pelo delegado Nilo Tavares. Com duas viaturas e duas motocicletas à disposição, os policiais irão atender a população durante 24 horas.

Redução da violência – A população da Ilha do Bispo já começa a sentir as consequências da instalação do Núcleo Integrado Policial Comunitário no bairro. De acordo com o aposentado Edmilson da Silva, 79 anos, a construção do prédio diminuiu a violência antes mesmo de o Núcleo ser entregue à população. “Estou me sentindo mais seguro só de saber que está perto de funcionar. A gente anda mais tranquilo e os crimes diminuíram. Eu sinto que a polícia está perto de mim”, confessou o aposentado.

A autônoma Mércia Pereira da Silva, 33, e a mãe dela, Maria José Pereira da Silva, 72 anos, também dizem se sentir mais seguras com a implantação do Núcleo Integrado no bairro. “Estou pensando até em começar a estudar novamente, porque antes não poderia voltar para casa à noite com medo dos assaltos”, revelou Mércia.

Já dona Maria José, que há 40 anos mora na Ilha do Bispo, disse que não vê a hora de a inauguração acontecer. “No fim do dia, quero colocar as cadeiras do lado de fora e conversar com o meu marido sem medo de que aconteça alguma coisa. A violência estava muito grande aqui nos últimos tempos e espero que isso mude com a polícia por perto”, afirmou.

Adryana Araújo, da Secretaria da Segurança e da Defesa Social