Fale Conosco

12 de maio de 2015

Ideme e Companhia Docas firmam parceria para atualização de viabilidade econômica



O Porto de Cabedelo vai ser tema de um estudo estatístico de viabilidade econômica do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme). A iniciativa faz parte de uma parceria de cooperação técnica firmada entre o instituto e a Companhia Docas da Paraíba, nessa segunda-feira (11), em Cabedelo.

Esse trabalho do Ideme vai fomentar o desenvolvimento sustentável do terminal, explica o superintendente do Ideme, Otávio Mendonça, lembrando que o Porto de Cabedelo tem superado, sucessivamente, a meta de movimentação anual e prepara-se para a celebração de novas parcerias para desembarque e embarque de cargas com empresas nacionais e multinacionais, nesta quarta-feira (13), por meio da construção do Terminal de Múltiplos Usos (TMU).

“O estudo de viabilidade econômica permite, por exemplo, avaliar e atualizar os processos de gestão e produtivos da companhia, assim como projetar o resultado de ações a curto, médio e longos prazos que poderão ascender o Porto de Cabedelo no cenário regional, nacional e até internacional”, justificou Otávio Mendonça, durante reunião com a vice-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, na sede do Porto.

Para Gilmara Temóteo, o estudo de viabilidade econômica elaborado por um instituto de referência, como é o caso do Ideme, é muito importante porque vai mensurar a importância do Porto de Cabedelo, nos dias atuais, principalmente depois da chegada de novos parceiros como a fábrica da Fiat Automóveis e de outros investidores que estão sendo atraídos pelo Governo do Estado, a partir da assinatura do protocolo de intenções para a construção do Terminal de Múltiplos Usos, cujo investimento total corresponde a R$ 450 milhões.