João Pessoa
Feed de Notícias

Ideme aponta aumento de 1,89% no custo de vida em João Pessoa

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 - 09:39 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

O grupo alimentação permanece como o vilão do custo de vida na cidade de João Pessoa, registrando um aumento de 9,23% no mês de janeiro, segundo a pesquisa divulgada nesta quinta-feira (14) pelo Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme). O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou um acréscimo nos preços médios de 1,89% no mês de janeiro. Com esse resultado, o acumulado nos últimos 12 meses ficou em 8,92%.

De acordo com a pesquisa do Ideme, entre os itens alimentícios que apresentaram as maiores variações positivas em janeiro estão os tubérculos e raízes leguminosas (21,14%), as frutas (16,83%), a farinhas, féculas e massas (12,50%), as aves e ovos (8,83%) e a alimentação fora do domicílio (5,53%).

Além dos gêneros alimentícios, outro grupo que apresentou aumento significativo foi o de serviços pessoais, com um percentual positivo de 2,65%. Já nos grupos saúde e vestuário e cuidados pessoais houve decréscimos de 1,87% e 0,56%, respectivamente; enquanto que os grupos transporte e comunicação permaneceram estáveis.

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, os produtos/serviços cujos preços mais aumentaram em janeiro, segundo o estudo, foram: short de criança (59,06%), cebola (37,13%), chuchu (33,34%), óleo para veículo (30,40%), inhame (28,57%), farinha de mandioca fina (27,57%), farinha de mandioca grossa (27,18%), batata inglesa (26,17%), cebolinha (25,22%), alface (23,38%), repolho (21,10%), banana (20,59%), bolsa feminina (18,76%), peixe congelado (17,03%), cursos diversos (15,09%), vestido de criança (15,02%), macaxeira (14,95%), abóbora (14,12%), cenoura (14,08%), biquíni de praia (14,00%), sabonete (13,67%), tomate (12,03%), ovos de galinha (10,98%), médico (10,56%),  alho (9,38%) e suco de frutas (8,09%).

Clique aqui e confira o Índice de Preços ao Consumidor (IPC)