João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital Regional vai capacitar profissionais

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010 - 18:17 - Fotos: 

As vésperas do completar 9 anos de criação, o Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, se prepara para realizar uma série de cursos de capacitação junto seu corpo clínico. A idéia é treinar todos os profissionais que atuam na emergência, centro cirúrgico e UTI tornando-o aptos para atuar no novo Hospital de Trauma da cidade, previsto para ser inaugurado entre março e abril deste ano.

A pretensão da diretoria é realizar os cursos nas áreas de ortopedia e traumatologia em convênios com a Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Para isso, o diretor técnico do Hospital Regional, Luiz Augusto Braga, e Wellington Barbosa Lucena, já se reuniram com o diretor da FCM, Dalton Gadelha e Gisele Bianca (Reitora), na intenção de formatar detalhes dos cursos. 

A direção do HR aguarda apenas a divulgação da planilha de custo para consolidar o convênio e marcar o dia do início dos cursos.  A intenção da diretoria é que os cursos destinados a médicos, cirurgiões, enfermeiros e técnicos em enfermagem sejam iniciados na primeira quinzena de março.  Caso o convênio seja celebrado, as aulas serão ministradas por uma equipe de profissionais médicos da FCM.

Luiz Augusto lembrou que esses cursos fazem parte do processo de preparação do Hospital Regional com vistas a transferência para o Hospital de Trauma de Campina Grande. 
      
A princípio, está sendo formatado o projeto de realização de cinco cursos de capacitação em urgência e emergência, sendo um denominado de Suporte Avançado de Vida no Trauma (ATLS) com técnicas para ser aplicadas em pacientes traumatizados; o Curso de Suporte Avançado de Vida (APLS), que será uma especialização em trauma e cirurgia, e o ACLS que tem como principal objetivo o treinamento, capacitação aos pacientes traumatizados a partir de aulas teóricas e práticas. Também será ministrado um curso Master para Técnicos em Enfermagem em nível superior.

O curso de ATLS, conforme explicou Luiz Augusto, vai oferecer aos participantes um método seguro e confiável para o controle imediato do doente traumatizado, o conhecimento básico necessário para avaliar as condições de forma rápida e precisa, reanimar e estabilizar o doente em obediência as prioridades definidas, determinar se as necessidades do doente excedem os recursos da instituição, providenciar a transferência inter-hospitalar do doente de forma apropriada e garantir que esteja sempre disponível o melhor cuidado possível ao paciente atendido.

O curso vai possibilitar ainda um treinamento para os médicos que atuam nos serviços de urgência e emergência, com o objetivo de orientar os profissionais na avaliação e atendimentos iniciais do doente traumatizado, aprimorando-os dentro dos critérios mais avançados e já adotados por vários países desenvolvidos.

Segundo Luiz Augusto, o curso será dividido na parte teórica e parte prática. No treinamento simulado, os profissionais receberão instruções básicas de ressuscitação, respiração, monitoração entre outros. “Nós estamos nos preparando para treinar o corpo clínico do Hospital Regional para ficarem aptos a realizar qualquer procedimento de urgência e emergência”, adiantou Dr Luiz.

Ainda dentro do processo de preparação para a mudança do atual prédio do Hospital Regional para o novo Hospital de Trauma, todos os maqueiros e motoristas do RH também vão participar de um curso de capacitação. O curso com previsão de inicio em março, vai contemplar em sua carga horária, a parte prática e teórica. A capacitação será ministrada pelo técnico em enfermagem Valdemir Carvalho Gomes. Segundo ele, no curso serão abordados assuntos como a ética profissional, técnicas de relações humanas, transporte, remoção e cuidados com o paciente clínico, imobilização e contenção de hemorragia, bem como os atendimentos iniciais aos pacientes queimados.

A idéia de realizar cursos de capacitação partiu do diretor geral do Hospital Regional, João Menezes. A intenção é treinar todos os profissionais que em breve irão atuar no Hospital de Trauma, que está previsto para ser inaugurado em março.

Por determinação do diretor João Menezes, as equipes do HR que atuam no Centro Cirúrgico, UTI, Unidade de Queimados, Emergência, Central de Esterilização entre outros setores, visitaram o novo Hospital de Trauma já se familiarizando com o futuro ambiente de trabalho. A pretensão da diretoria é que a transferência aconteça dento do clima de normalidade sem afetar o atendimento a população.

   

Assessoria de Imprensa