João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital Regional faz acordo e cria calendário para pagar a anestesistas

quinta-feira, 1 de outubro de 2009 - 15:40 - Fotos: 
Os 35 anestesistas que prestam serviço no Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, terão um calendário certo para receber seus salários. A partir de agora, eles vão receber o pagamento até o final do mês seguinte ao da prestação de serviços.

A proposta, apresentada pelo diretor do Hospital, João Menezes, foi debatida em audiência pública convocada pela promotora da Saúde, Adriana Amorim. O calendário e a necessidade de regularidade no pagamento das faturas da Cooperativa dos profissionais, até o último dia útil do mês subsequente ao trabalhado, eram reivindicações da entidade da categoria, presidida por Márcio Rossani Farias.

A tramitação – Para que a proposta de calendário funcione será preciso que a Cooperativa dos Anestesistas encaminhe todos os documentos requerendo o pagamento dos valores, acompanhado da escala e da frequência (folha de ponto) ao Setor de Alta Complexidade Hospitalar do Regional campinense, até o quinto dia útil do mês.

A documentação com os dados dos profissionais será encaminhada posteriormente ao setor financeiro do hospital. Pelo que ficou acertado na Audiência Pública, caso os prazos estabelecidos para entrega dos documentos sejam obedecidos, o pagamento impreterivelmente ocorrerá até o final do mês seguinte ao da prestação de serviços.   

Aquisição de material – Com relação a um pedido de material anestésico, o diretor João Menezes lembrou que já existe um programa de manutenção preventiva e corretiva. Esse serviço é realizado por duas empresas que prestam serviço ao hospital. Ele solicitou a presença de um anestesista da Cooperativa para acompanhar as manutenções.

O diretor ressaltou que os atrasos até o limite da Lei 8.666/93 não poderão implicar em descontinuidade da prestação de serviços, o que afetaria a população assistida pelo Hospital.

A secretária-executiva da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Maria de Lourdes Aragão, ratificou o acordo em torno do procedimento para o pagamento das faturas. Além do diretor Regional e da promotora da Saúde, assinaram o Termo de Audiência, o médico Márcio Rossani Farias Brito, presidente da Cooperativa dos Anestesistas (Cocan); Maria de Lourdes Aragão, secretária-executiva da SES; José Arimatéia Madruga, procurador do Estado junto à Secretaria de Saúde, e Wellington Barbosa de Lucena, advogado do Hospital Regional.

Da Assessoria de Imprensa do Hospital Regional