Fale Conosco

22 de junho de 2009

Hospital Regional de Emergência e Trauma, em Campina Grande, reforça equipe nos festejos juninos



O Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, montou um esquema especial para atender pacientes no período do São João. A partir desta terça-feira, véspera do dia do santo, a equipe estará reforçada principalmente nos setores de pediatria, cirurgia geral e clínica geral, que funcionam como suporte do atendimento de urgência e emergência.

Neste 23 de junho, três cirurgiões gerais, dois pediatras e dois clínicos estarão de plantão 24 horas.  Além do mais, os demais médicos de todas as especialidades estarão de sobreaviso, podendo ser convocados a qualquer hora durante o plantão. As equipes estarão de sobreaviso em especialidades como urologia, pediatria, cirurgia plástica, neuro cirurgia, oftalmologia e endoscopia.

A Unidade de Queimados do Hospital Regional também teve a equipe reforçada para esse período junino. Um médico cirurgião ficará de plantão 24 horas e outro de sobreaviso. Além de mais dois psicólogos, dois  assistentes sociais e fisioterapeutas ficam de plantão. O estoque de medicamentos recebeu reforço para este mês de junho, quando as queimaduras provocadas por fogos de artifício e por fogueiras crescem de forma preocupante.

Por conta do período junino e principalmente devido às mudanças climáticas, o número de atendimentos no Hospital Regional cresceu mais de 50% neste mês. Por dia, mais de 350 pessoas estão sendo atendidas no local e as chamadas doenças da época, como viroses, conjuntivite e as respiratórias aumentaram. Por dia, cerca de 90 pessoas chegam a ser atendidas no Hospital Regional com conjuntivite. O número de crianças com problemas respiratórios também cresceu significativamente.

Referência em atendimento especializado no Estado, o Hospital Regional garante bom atendimento à população conforme o seu diretor administrativo Luiz Augusto. A unidade conta com uma equipe formada por 236 médicos, incluindo os anestesistas e ortopedistas vinculados a cooperativa dessas categorias. É o único existente em Campina Grande em atendimento especializado a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) 24 horas por dia. É referência para 173 municípios paraibanos e atende ainda pessoas vindas do Rio Grande do Norte e Pernambuco.
 

Assessoria de Imprensa do Hospital Regional de Campina Grande