João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital Regional de CG atende mais de 50 pessoas só no Natal

terça-feira, 29 de dezembro de 2009 - 19:56 - Fotos: 
Mais de 50 pessoas residentes em Campina Grande e outras cidades do Compartimento da Borborema buscaram assistência no Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, entre a véspera do Natal (24 deste mês) até a segunda-feira (28), tornando o plantão da unidade de saúde muito movimentado.

A equipe do hospital realizou ainda uma série de atendimentos no ambulatório. Para garantir assistência a todos, um esquema especial foi montado com médicos de várias especialidades ficando de plantão 24 horas.

Tiros, facadas, agressões físicas, espancamentos e acidentes de carro e moto contribuíram para elevar o número de pessoas atingidas por esses atos de violência, apesar do clima natalino. Naquela noite, nove pessoas deram entrada na emergência e foram atendidas pela equipe médica com algum ferimento, sendo três feridas a facadas, uma vítima de tiro, outra por agressão física, duas por espancamento e uma envolvida em acidente de carro.

O dia 25 também foi movimentado. Quatro pessoas sofreram ferimentos a facadas e três foram atingidas por tiros. Uma outra sofreu uma pancada em um dos olhos, duas vitimadas por espancamentos, três sofreram acidentes de motos e duas foram atropeladas.

No sábado (26), a equipe atendeu duas pessoas feridas a facadas, mais duas vítimas de disparos de arma de fogo e o Setor de Emergência socorreu ainda duas pessoas feridas a garrafadas e mais duas vítimas de espancamento.

No domingo (27), quatro pessoas foram socorridas após sofrer tentativas de homicídios a tiros e facadas. Os casos de espancamentos também mobilizaram a equipe de plantão. Um homem foi atingido com uma tijolada na cabeça, enquanto outro chegou no Hospital ferido após levar uma garrafada em uma briga.

O Hospital – Referência em todo o Estado, o Hospital Regional é o único que possui todas as especialidades, assistindo pacientes do Serviço Único de Saúde (SUS). É mantido pelo Governo do Estado através da Secretaria de Saúde (SES) e funciona com médicos de plantão por 24 horas.

Por dia, atende uma média de 300 pessoas residentes em Campina Grande e nos demais municípios do Compartimento da Borborema. O atendimento mensal ultrapassa as 10 mil pessoas. Somente este ano, entre janeiro e novembro, mais de 100 mil pessoas receberam assistência na unidade, a maioria no ambulatório.

Criado há nove anos pelo governador José Maranhão, o Hospital Regional tem como missão fazer o atendimento de urgência e emergência. Nos últimos 9 meses, passou por uma série de mudanças implantadas pela nova diretoria como forma de melhorar a assistência à população.

Da Assessoria de Imprensa do Hospital Regional de CG