Fale Conosco

12 de dezembro de 2014

Hospital Geral de Mamanguape faz treinamento sobre febre chikungunya



O Hospital Geral de Mamanguape (HGM), construído pelo Governo do Estado, realizou treinamento para profissionais de saúde na prevenção e atendimento de pessoas com febre chikungunya. A meta foi capacitar todos os enfermeiros e técnicos em enfermagem da unidade de saúde.

O enfermeiro Rodrigo Pinto foi quem ministrou palestra sobre o tema. Ele abordou vários assuntos relacionados à febre Chinkungunya, dentre eles, o manejo clínico e as estatísticas em Feira de Santana (BA), que já confirmou quase 400 casos da doença.  “Os sintomas da febre chikungunya e da dengue são muito parecidos. Febre alta, dor de cabeça e dores nas articulações são os mais comuns e podem confundir o paciente. É importante buscar atendimento médico o mais rápido possível para iniciar o tratamento”, explicou.

Integrante da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, o médico Bernardo Moreira de Oliveira afirmou que a capacitação é uma das estratégias da Secretaria Estadual de Saúde para enfrentar possíveis casos da doença “É importante que todos saibam como diagnosticar a doença, sabendo diferenciar a febre chinkungunya da dengue”, resumiu.

Já para o diretor-geral do HGM, Adalberto Ribeiro, o momento é de capacitação para o enfrentamento. “Considero a iniciativa da unidade de grande importância para o combate à doença. Nossos profissionais estarão aptos a diagnosticar e tratar a febre Chikungunya”, finalizou.