João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital Edson Ramalho ganha novo centro para cirurgias oftalmológicas

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 - 17:05 - Fotos:  Secom-PB

Os paraibanos contam agora com mais um serviço médico gratuito de alta tecnologia e precisão. Dando continuidade ao processo de humanização e modernização, o Hospital Edson Ramalho inaugurou o novo Centro Oftalmológico, que tem como objetivo realizar cirurgias de catarata e transplante de córnea. A casa de saúde é o único hospital da rede do Sistema Único de Saúde – SUS na Paraíba credenciado para realizar transplante de córnea.

Segundo o tenente-coronel Eugênio Dias, que é oftalmologista e vai chefiar a equipe médica do setor, foram investidos mais de R$ 350 mil na compra de equipamentos e melhoria das dependências físicas. Ele adiantou que o novo Centro contará com uma equipe de alto nível de profissionais composta por seis médicos para realizar este tipo de procedimento cirúrgico, sendo quatro para transplante de córnea e dois para cirurgias de catarata.

O Centro só fará cirurgias do paciente que passar por algum posto do Programa Saúde da Família – PSF e for devidamente encaminhado para o Hospital Edson Ramalho, onde passará por uma triagem. Atualmente, 40 pacientes estão na fila para realizar o transplante de córnea.

Segundo o tenente coronel Eugênio Dias, o Hospital Edson Ramalho tem capacidade de realizar 80 cirurgias por mês. O material utilizado para o transplante de córnea é um dos melhores já utilizados no pais, pois no Brasil a lente utilizada pelo Hospital já beneficiou um milhão de pacientes, e em todo mundo mais de 30 milhões de pessoas utilizam a mesma lente da marca Alcon por não ter perigo de rejeição.

ara o diretor geral do Hospital Edson Ramalho, coronel Thealman Queiroz, este credenciamento é a comprovação inconteste do esforço do Governo do Estado em oferecer o que há de melhor para a saúde do cidadão, além de enaltecer o trabalho sério e eficiente de todos os profissionais de saúde que fazem o Hospital Edson Ramalho. “Iremos sempre trabalhar em prol das famílias menos favorecidas financeiramente”, afirmou.