Fale Conosco

19 de março de 2015

Hospital de Trauma/JP realiza palestras sobre tipos de fraturas e estabilizações



ses hospital de trauma realiza palestra fraturas e erstabilizacoes 3 270x191 - Hospital de Trauma/JP realiza palestras sobre tipos de fraturas e estabilizaçõesA Coordenação do Centro de Diagnóstico Por Imagem (CDI), Unidade de Terapia Intensiva Móvel (UTI Móvel) e de Maqueiros do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena realizou nesta quinta-feira (19), no auditório da unidade hospitalar, palestras sobre tipos de fratura e estabilizações. O objetivo da atividade foi dar continuidade ao processo de capacitação dos técnicos de enfermagem e maqueiros da instituição e HTop (Hospital de Traumatologia e Ortopedia).

ses hospital de trauma realiza palestra fraturas e erstabilizacoes 3 270x191 - Hospital de Trauma/JP realiza palestras sobre tipos de fraturas e estabilizaçõesAs palestras realizadas no Hospital de Emergência e Trauma abordaram as fraturas fechadas e expostas (abertas). “As fechadas podem ser do tipo transversa, oblíqua, cominutiva, que ocorre quando o osso quebra em vários fragmentos (pedaços), e em galho verde, caracterizada por ocorrer em osso jovem que se quebra parcialmente”, esclareceu Allysson Adriano, um dos palestrantes e técnico de enfermagem da instituição de saúde.

ses hospital de trauma realiza palestra fraturas e erstabilizacoes 1 270x191 - Hospital de Trauma/JP realiza palestras sobre tipos de fraturas e estabilizaçõesNo que diz respeito às fraturas abertas, falou-se sobre suas características. “Este tipo de fratura provoca o rompimento dos músculos e também da pele, e é acompanhada de hemorragia, com sério risco de infecção, e o paciente precisa passar por procedimento cirúrgico imediato”, explicou.

Outro tema explorado durante as palestras foi a estabilização do paciente, dentro deste contexto, focou-se a imobilização (movimentação e retirada de pacientes da prancha e manejo dos que apresentam suspeita de TRM (Traumatismo Raquimedular), que acontece quando há lesão da medula espinhal, neste caso, é necessária estabilização cervical.